Eutelsat e OneWeb tentam ultrapassar SpaceX

A Eutelsat confirmou as negociações para uma possível fusão com a OneWeb.

Eutelsat e OneWeb tentam ultrapassar SpaceX
Eutelsat e OneWeb tentam ultrapassar SpaceX

A imprensa europeia noticiou na semana passada que a empresa francesa Eutelsat confirmou as negociações em curso para uma possível fusão com a operadora de satélite britânica OneWeb, empresa salva da falência pelo governo do ex-primeiro-ministro britânico Boris Johnson.

Em nota à imprensa, a empresa francesa de satélites Eutelsat disse que está conversando com a rival britânica OneWeb sobre um possível acordo de fusão, que ajudaria as duas empresas a desafiar a Starlink, da SpaceX, de Elon Musk, e o Projeto Kuiper, da Amazon, na construção de constelações de satélites em órbita baixa.

VEJA TAMBÉM:

Especialistas acreditam que a fusão entre Eutelsat e OneWeb é iminente, e visa a criação de um satélite gigante para vencer a corrida pelo desenvolvimento de constelações de satélites em órbita baixa.

Eutelsat e OneWeb tentam ultrapassar SpaceX
Eutelsat e OneWeb tentam ultrapassar SpaceX

“Após recentes rumores de mercado, a Eutelsat Communications confirma que iniciou discussões com seus co-acionistas da OneWeb sobre uma potencial combinação de todas as ações para criar um líder global em conectividade com atividades complementares Geo/Leo”, disse a Eutelsat.

Conforme revelou o Financial Times, o negócio implicará a aquisição da OneWeb pela Eutelsat, que já detém uma participação de 24% na empresa sediada no Reino Unido.

O título também é politicamente sensível, pois reuniria o bilionário indiano Sunil Bharti Mittal, França, China e Grã-Bretanha como acionistas da nova empresa combinada. 

A Start Magazine recorda que, em julho de 2020, o governo Johnson e a multinacional Bharti investiram £ 500 milhões para salvar a OneWeb da falência.

OneWeb agora é propriedade do grupo indiano Bharti (30%), Eutelsat (22,9%) e do governo do Reino Unido (17,6%). De acordo com o Financial Times, os governos de Londres e Paris terão ambos os assentos no conselho da nova operadora de satélites.

As negociações em andamento são baseadas em uma transação que levaria os acionistas da Eutelsat e da OneWeb a deter, cada um, 50% da nova entidade combinada. Mas não há garantias de um acordo final, a Eutelsat especificou esta manhã.

“A transação seria estruturada como uma contribuição dos acionistas da OneWeb de sua participação na OneWeb para a Eutelsat em troca de ações da Eutelsat recém-emitidas”, acrescentou a empresa francesa.

A combinação das duas empresas reunirá os governos britânico, francês e chinês, além do bilionário indiano Sunil Bharti Mittal, como acionistas de uma das maiores operadoras de satélites do mundo.

A Eutelsat, cotada em Paris, tem um valor de mercado de 2,4 mil milhões de euros e tem cerca de 3 mil milhões de euros de dívida líquida no final de 2021. É detida principalmente pelo Estado francês através do banco público Bpifrance, até 19,8% (após um levantamento alta de 6,7% em fevereiro passado), mas também do fundo soberano China Investment Corporation, seu quarto acionista com 5% de acordo com dados da Refinitiv, informa La Tribune.

O acordo avalia a participação do governo britânico na OneWeb em cerca de US$ 600 milhões, disseram duas fontes ao FT, valor igual a US$ 100 milhões a mais do que inicialmente investido em 2020.

O Reino Unido, por outro lado, controla pouco menos de 18% da OneWeb, enquanto a Mittal tem uma participação de 30%. Essas ações serão redistribuídas após o acordo.

A OneWeb espera ter uma rede global de Internet operacional até o final de 2022, graças a uma constelação de 650 satélites. Cerca de dois terços estão em serviço hoje, mais notavelmente lançados pela Arianespace na Soyuz

Eutelsat e OneWeb tentam ultrapassar SpaceX
Eutelsat e OneWeb tentam ultrapassar SpaceX

Por fim, espera-se que a demanda por lançamentos de satélites acelere depois que as recentes sanções deixaram de lado a indústria de lançamentos espaciais russa e as gigantes constelações de satélites podem oferecer um novo canal para transmitir internet de banda larga do espaço.

Nerd Site agora tem um canal no Telegram – Participe para receber e discutir sobre as principais notícias da cultura pop (t.me/nerd_site).

Vanderlei Tenório
Jornalista, colunista/comentarista de cinema, correspondente freelance de veículos portugueses, pesquisador (Geografia Popular - IGDEMA/UFAL), bacharelando em Geografia (IGDEMA/UFAL) e editor/criador do Cinema e Geografia (CINEGEO). 6 vezes nomeado ao Prêmio Ibest.