“Estou indo ainda mais fundo”, diz Sam Smith sobre próximo álbum

O cantor e músico britânico, vencedor recentemente do Oscar de 'Melhor Canção Original', comentaou sobre o seu novo álbum.

O cantor e músico britânico, vencedor recentemente do Oscar de Melhor Canção Original com a música ‘Writing’s On The Wall’, para o filme 007 – Contra Spectre, Sam Smith, contou à agência The Associated Press que o material está “bom demais” e que ele está extraindo canções do fundo de sua alma.

“In the Lonely Hour”, primeiro álbum de estúdio lançado em maio de 2014 e vencedor de quatro Grammys, diz estar “indo ainda mais fundo”.

“É tudo que vou dizer. Estou colocando meu coração ainda mais desta vez. Eu nem acredito que estou fazendo isso, mas estou indo mais fundo ainda”, adiantou.

Com o álbum de estreia, Sam Smith retratou sua paixão platônica por um homem heterossexual. O disco chegou ao sucesso depois do lançamento do single “Stay With Me”, que vendeu mais de quatro milhões de downloads só nos Estados Unidos. “I’m Not the Only One” e “Lay Me Down” também acabaram se tornando sucessos.

Para o próximo disco, a expectativa é maior. Ciente disso, o inglês quer fazer o segundo álbum sem pressa e pressão de prazos.

No fim do ano passado,  Sam disse que “todos seus sonhos se tornaram realidade” e que ele precisava tirar um ano sabático.  

“Não posso simplesmente sentar, tomar um fôlego, beijar mais alguns garotos e escrever mais algumas músicas. Quero me sentir como vivia há três anos, voltar àquele tempo”, declarou.

Vale lembrar que durante a entrega do prêmio na cerimônia o Oscar desse ano, Sam Smith cometeu um equivoco ao mencionar que era o primeiro homem homossexual assumidamente a receber o prêmio. Porém, o músico se esqueceu que em 1994 o cantor, também inglês, Elton John ganhou o Oscar pela mesma categoria com a música Can You Feel the Love Tonight (O Rei Leão), e em 2009 o roteirista Dustin Lance Black ganhou o prêmio de Melhor Roteiro Original pelo longa Milk: A Voz da Igualdade. 

Depois de toda a polêmica, o cantor entrou em sua conta no Twitter e comentou que ficará afastado das suas redes sociais por um tempo e se retratou:

Segundo homem abertamente gay a ganhar o Oscar, ou terceiro, ou quarto, ou centésimo. Esse não é meu ponto. Meu ponto era botar luz na comunidade LGBT que eu amo encarecidamente. Desculpe-me pela confusão, Dustin Lance Black. Vou me certificar de ver seus filmes agora. Parabéns atrasado pelo Oscar.

Vitor Cayres
Fundador, formado em Publicidade e Propaganda, paulista e, enquanto não consegue ir para Marte, acredita que um dia teremos respostas sobre as origens dos Aliens.