Microsoft anuncia fim na produção do console Xbox 360

Microsoft anunciou hoje que irá parar de abrir o console Xbox 360.

[vc_row][vc_column][vc_column_text]Com pouco mais de 10 anos de seu lançamento e com o seu sucesso já nos mercados há mais de dois anos, a Microsoft anunciou hoje que irá parar de abrir o console Xbox 360. O anúncio foi feito em publicação assinada por Phil Spencer, chefe da divisão de Xbox na companhia.

“O Xbox 360 significa muito para todo mundo na Microsoft. E, apesar da jornada incrível, as realidades de fabricar um produto de mais de uma década de idade começaram a nos alcançar. É por isso que decidimos parar de produzir novos consoles Xbox 360”, conta ele.

Segundo o anúncio, ainda será possível adquirir o console enquanto estiver disponível no estoque dos revendedores, porém, novas peças não serão produzidos.

Mesmo com o fim do console, os serviços da Xbox Live continuarão indefinidamente, porque a empresa tem noção de que muitos jogadores ainda não migraram para a nova geração e ainda tem um Xbox 360 como plataforma principal de games. A Microsoft lista os seguintes recursos como garantidos:

  • Donos de um Xbox 360 continuarão recebendo serviços da Xbox Live para seu console, como multiplayer online e grupos, acesso aos aplicativos, e continuarão recebendo jogos no Games With Gold e ofertas no Deal With Gold.
  • Os servidores da Xbox Live que suportam os serviços do Xbox 360 continuarão online e ativos. Os jogadores poderão continuar jogando com o suporte da Xbox Live
  • Jogadores continuarão podendo comprar os jogos e acessórios do Xbox 360 nas lojas enquanto durarem os estoques, ou comprar games digitais na loja
  • Todos os hardwares do Xbox 360 continuarão recebendo suporte pelo site Xbox.com/support
  • Donos de Xbox One continuarão tendo acesso aos jogos do Xbox 360 pelo programa de retrocompatibilidade sem custo adicional

Spencer ainda destaca a popularidade do aparelho, que foi lançado em 2001. “O console se tornou um hub de jogos e entretenimento amados, com mais de 78 bilhões de horas de jogo, cerca de 486 bilhões de gamerscore, 27 bilhões de conquistas e mais de 25 bilhões de horas gastas em aplicativos durante sua vida útil”, afirma o comunicado.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Vitor Cayres
Fundador, formado em Publicidade e Propaganda, paulista e, enquanto não consegue ir para Marte, acredita que um dia teremos respostas sobre as origens dos Aliens.