Warner não fará mais lançamentos simultâneos nos cinemas e nos streamings

A medida já passa a valer para o último lançamento da Warner nos cinemas com Elvis.

O novo CEO da Warner Bros. Discovery, David Zaslav, afirmou durante a reunião para acionistas da empresa que houve uma grande mudança na política de lançamentos da empresa.

Conhecida por ter optado lançar todos os seus filmes nos cinemas e na HBO Max ao mesmo tempo em 2021, agora a distribuidora não adotará mais este modelo de modo algum.

Ele afirmou que o lançamento nos cinemas é a grande prioridade do estúdio e que isso refletirá na janela de lançamento das obras que saírem de cartaz, invalidando a regra dos 45 dias para os filmes chegarem ao streaming.

VEJA TAMBÉM:

Segundo ele, o boca a boca é vital para dar mais longevidade para um filme que pode ficar em cartaz por meses como acontece com Top Gun: Maverick. Ele também disse que antes de chegar ao streaming, os filmes ficarão por um bom tempo na modalidade de aluguel digital para expandir ainda mais os lucros originados.

À medida que os filmes passam de uma janela para outra, seu valor geral é elevado cada vez mais”.

A medida já passa a valer para o último lançamento da Warner nos cinemas com Elvis.

Matheus Fragata
Redator, jornalista e fotógrafo formado em Cinema que até hoje gosta de espalhar ao mundo as últimas novidades sobre o audiovisual.