Jared Leto disse em entrevista que conviveu com psicopatas para viver o Coringa no Esquadrão Suicida

Em entrevista à Entertainment Weekly, Leto explicou como se preparou para o personagem, e revelou que chegou a conviver com psicopatas.

[vc_row][vc_column][vc_column_text]Para viver o Coringa nos cinemas cada ator procura um jeito melhor para superar o anterior. Depois da interpretação icônica de Heath Ledger, agora Jared Leto comentou como fez para compor o personagem que estará presente em Esquadrão Suicida, que estreia em agosto desse ano nos cinemas.

Em entrevista à Entertainment Weekly, Leto explicou como se preparou para o personagem, e revelou que chegou a conviver com psicopatas institucionalizados para imergir no universo do Coringa.

Leto contou que, quando recebeu a proposta para ser o Coringa, ele sabia da responsabilidade que precisaria carregar: “Nós sabíamos que precisávamos surgir com algo novo. Já houve tantos trabalhos bons, e nós sabíamos que tínhamos que ir em outra direção. Então você tinha um direcionamento desde o início, sabendo que não poderia ir para aquele lado, então teria que ir para outro. Isso ajudou bastante. Mas o Coringa é fantástico porque não há regras. O Coringa opera por instinto.”

Quando perguntado como fez para se tornar o Coringa, Leto foi mais a fundo:

“Ele se tornou uma pessoa real. Eu não sei se pessoa é a palavra certa. Acho que o Coringa vive entre a realidade e um outro plano. Meio que um xamã. É um personagem bastante envolvente. Você tem permissão para quebrar as regras e modificar a si mesmo e aos outros à sua volta de uma forma única.

Eu comecei do começo, me educando, pesquisando, lendo o máximo que pude, voltei ao material de origem. E então em um certo ponto, eu sabia que eu tinha que parar de fazer aquilo. Porque o Coringa foi redefinido, reinventado muitas vezes antes. Eu acho que o divertido disso tudo é que quando as pessoas já fizeram isso no passado, tem um certo espírito da essência do Coringa que permanece nelas, mas eles acabam ou construindo algo novo ou deixando isso de lado para fazer um novo começo. Para mim, eu sabia que assim que terminasse de passar por todo o processo de me educar, eu tinha que jogar tudo fora e começar do início, realmente construir do chão. Foi um processo transformador. Houve transformação física. Houve condicionamento físico.”

Sobre a criação e imersão no personagem, Jared comentou que não fez isso sozinho, o ator recebeu bastante apoio de David Ayer para buscar sua inspiração não apenas nos materiais originais, mas fora: “David e eu conversamos e eu acho que ele confiou que eu sairia para experimentar, explorar e voltar com alguma coisa nova para nós continuarmos. E foi legal ter essa confiança dele. Ele realmente me deixou solto e me encorajou.”

O resultado final do trabalho de Jared Leto, Joel Kinnaman (Rick Flagg), Will Smith (Pistoleiro), Margot Robbie (Arlequina), Jai Courtney (Capitão Bumerangue), Cara Delevingne (Magia), Viola Davis (Amanda Waller), Adewale Akinnuoye-Agbaje (Crocodilo), Karen Fukuhara (Katana), Adam Beach (Amarra), Ike Barinholtz (Hugo Strange), Common, Raymond Olubowal e Scott Eastwood poderemos conferir no dia 4 de agosto de 2016.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Vitor Cayres
Fundador, formado em Publicidade e Propaganda, paulista e, enquanto não consegue ir para Marte, acredita que um dia teremos respostas sobre as origens dos Aliens.