Homem-Aranha terá um novo uniforme em Vingadores: Guerra Infinita – Parte I

Segundo os diretores irmãos Russo acreditam que o personagem passará por várias atualizações nos próximos anos.

Ainda não existe nenhuma informação oficial sobre a aparição do personagem do Homem-Aranha no longa dos Vingadores: Guerra Infinita – Parte I, que chega aos cinemas em abril de 2017. Segundo os diretores irmãos Russo acreditam que o personagem passará por várias atualizações nos próximos anos.

“O design do traje é o que é,”disse Joe Russo em resposta as reações mistas sobre o primeiro vislumbre do Homem-Aranha no trailer de Capitão América: Guerra Civil durante uma entrevista com a Forbes. “Esse é o design que nós amamos, é o design que Kevin Feige ama e assim por diante. Ele é um personagem muito popular por isso sempre vai ser polêmico, as pessoas sempre vão amar ou odiar o que você faz com ele, mas tudo o que pudermos fazer é nos certificar de que nós amamos isso, que acreditamos e que está fiel à forma como vemos o personagem.”

“Parte do problema é que nós demos um pequeno vislumbre do personagem naquele trailer”,acrescenta Anthony Russo. “É uma espécie de teste de Rorschach, onde as pessoas podem deixar de lado suas ansiedades pelo Homem-Aranha, mas quando eles virem o filme haverá uma grande imagem de um personagem muito completo que eles nunca viram antes. É meio difícil de reagir à reação das pessoas, mas elas vão mudar radicalmente quando assistirem ao filme.”

Quando perguntando sobre o traje novo em a Guerra Infinita, Joe Russo revela que:

 “Nós gostamos de fazer escolhas fortes para os personagens, então, enquanto isso pode ser um pouco tradicional, Steve Ditko influenciou o traje, e certamente está em nosso vocabulário desenvolvê-lo para algo mais extremo conforme a narrativa exige”, diz o diretor. “Existem coisas que as pessoas vão descobrir quando assistirem o filme. Por que o traje opera dessa maneira? Por que os olhos se movem? Toda essa coisa está fundamentada. Todo mundo quer as respostas pra ontem, mas, então, qual seria o ponto de ver o filme?”

Vitor Cayres
Fundador, formado em Publicidade e Propaganda, paulista e, enquanto não consegue ir para Marte, acredita que um dia teremos respostas sobre as origens dos Aliens.