Atriz fala sobre representatividade no novo O Predador: A Caçada

O Predador: A Caçada está disponível no Star+.

O Predador: A Caçada já está disponível no Star+ trazendo uma proposta narrativa bastante original e curiosa.

Ao contrário dos outros filmes que sempre se passaram em tempos contemporâneos, a nova aventura ocorra há centenas de anos atrás, na primeira visita do alienígena caçador à Terra lidando com a população indígena dos EUA no ano de 1700.

Sendo a protagonista da obra, Amber Midthunder, conversou com o Jovem Nerd destacou essa característica peculiar do filme em trazer a representatividade indígena como destaque.

“Quando Dan Trachtenberg (o diretor) me telefonou para dizer que eu tinha ganhado o papel, ele foi todo misterioso. Ele me disse uma charada, que por sinal eu errei feio. A pergunta era: ‘Se você tivesse que chegar em algum lugar pelo ar, como você iria?’. Eu comecei a viajar, pensando coisas tipo ‘Sei lá, uma asa-delta?’ e ele: ‘Não!!! É pra você dizer ‘PEGUE O HELICÓPTERO’ porque você é o novo Arnold!’”

“[Receber o papel] Foi um misto de sentimentos. Uma ansiedade enorme, mas também um prazer. Só fui descobrir que a história era um Predador novo um ano depois de ter feito o teste.”

“O filme é sobre os Comanche. Para mim, foi importante tentar representá-los da maneira mais fiel e respeitosa possível. Eles são conhecidos como os caçadores e guerreiros mais épicos. Isso foi um grande presente.”

VEJA TAMBÉM:

A atriz é membro do grupo Sioux, da reserva de Fort Peck, nos EUA, então viver uma personagem indígena nos cinemas foi um evento especial.

O Predador: A Caçada está disponível no Star+.

Matheus Fragata
Redator, jornalista e fotógrafo formado em Cinema que até hoje gosta de espalhar ao mundo as últimas novidades sobre o audiovisual.