Warner Bros. se pronuncia sobre polêmico cancelamento de Batgirl

O longa-metragem foi considerado o oposto de um "grande evento" para a nova direção da Warner, cancelando-o abruptamente

Batgirl: Warner Bros. se pronuncia sobre polêmico cancelamento
Batgirl: Warner Bros. se pronuncia sobre polêmico cancelamento

Após pegar os fãs de surpresa com o repentino cancelamento de Batgirl, em comunicado oficial, Warner Bros. se pronuncia sobre decisão polêmica e abrupta com o filme.

Estrelado por Leslie Grace, o longa-metragem da DC Comics estava originalmente programado para ser lançado no HBO Max, no entanto, com a fusão do estúdio responsável com a Discovery e a nova liderança de David Zaslav, a produção havia sido adiada para 2023, com um suposto lançamento nos cinemas, até a trágica atualização para os internautas na última terça-feira (02).

Considerado o oposto de “um grande evento” pela Warner, após o engavetamento de Batgirl que já seguia para o início de sua pós-produção, porta-voz do estúdio se pronuncia sobre decisão, explicando novos planos para a DC e mais (via THR).

“A decisão de não lançar Batgirl reflete a mudança estratégica de nossa liderança no que se refere ao universo DC e HBO Max. Leslie Grace é uma atriz incrivelmente talentosa e esta decisão não é um reflexo de sua atuação. Somos incrivelmente gratos aos cineastas do filme e seus respectivos elencos e esperamos colaborar com todos novamente em um futuro próximo.”

A produção protagonizada por Grace tinha direção de Adil El Arbi e Bilall Fallah a partir de um roteiro escrito por Christina Hodson, enquanto seu elenco contava também com nomes como J.K. Simmons interpretando Comissário Gordon, Michael Keaton como Batman, Brendan Fraser como o vilão Vagalume e entre outros.

Batgirl tinha previsão de estreia para o primeiro semestre de 2023.

Felipe Pinheiro
Redator, social media, apresentador, estudante de Jornalismo, missionário de Star Wars e outras nerdices.