Editoras de One Piece e Overlord atacam com tudo site pirata de mangá

As editoras japonesas de One Piece e Overlord estão processando famoso site pirata por ter causado danos ao compartilhar 17 mangás.

one piece
Reprodução/ Internet

One Piece e Overlord são fortemente pirateados por sites em todo o mundo. Mas, a luta de três grandes editoras continua forte e firme com o objetivo de acabar com esse tipo de página, processando os maiores domínios da área. Desta vez, a Shueisha, a Shogakukan e a Kadokawa estão processando o site pirata Mangamura em 1,9 bilhão de ienes (cerca de US$ 14,2 milhões).

Veja também:

O Mangamura não postou ilegalmente apenas One Piece e Overlord, mas cerca de 17 mangás populares dessas editoras, o que, segundo elas, justifica o valor cobrado no processo, pois esse seria o número que cobriria os danos estimados por essas séries pirateadas. Segundo o site CBR

Esse número ainda pode ser uma estimativa conservadora dos danos que as editoras realmente sofreram, no entanto, dado que os dezessete títulos listados no processo estão longe de ser os únicos títulos pirateados por Mangamura.”

Quanto ao site Mangamura, ele já não existe mais, mas, mesmo assim, as editoras estão processando seus criadores para recuperarem uma fração dos danos, e também, provavelmente, para usarem a página como exemplo para outros sites piratas, sejam eles grandes ou pequenos. Vale lembrar que o administrador do Mangamura, Romi Hoshino, já havia se envolvido em problemas antes desse processo, sendo considerado culpado de violação de direitos autorais, condenado a três anos de prisão, e multado em 72 milhões de ienes, cerca de US$ 650.000 dólares.

Mangamura é responsável por piratear vários títulos incrivelmente influentes. One Piece, em particular, é uma das séries de mangá mais antigas e populares já criadas. Com mais de 1.000 capítulos lançados, One Piece vem lançando novos conteúdos nas últimas duas décadas e meia, e a história de Luffy e sua equipe está prestes a entrar em seu arco final. É também a série de mangá mais vendida de todos os tempos. Por mais popular e prolífico que One Piece seja, os danos causados ​​pela pirataria da série são sem dúvida imensos, contribuindo para a pesada soma listada no processo contra Mangamura.” (via CBR)

A pirataria de mangás, segundo as editoras, pode prejudicar o sustento de todos os artistas envolvidos em sua produção e da indústria como um todo. Em um comunicado, após o julgamento de Hoshino, a Shueisha disse: 

Se as obras que aqueles que deram tudo de si para criar forem distribuídas gratuitamente, isso prejudica a base para a criação de obras interessantes“. (via CBR)

O Nerd Site agora tem um canal no Telegram – Participe para receber e discutir sobre as principais notícias da cultura pop (t.me/nerd_site)

Thaisy Quinteiro
Bacharela em Letras, tradutora e professora de japonês, apaixonada por kpop, anime/mangá, livros, drag queens, cosplay e tantas outras coisas que não cabem aqui!