Crítica – “Casa Gucci”, uma história ousada e sedutora

É um filme atraente, denso, instigante e explora o melhor dos recursos disponíveis para se tornar digno de um Oscar.

Reprodução/Internet

Para uma história forte e ousada, o filme “House of Gucci” precisou de um elenco a altura, por isso grandes nomes como Adam Driver, Lady Gaga, Al Pacino, Jeremy Irons e Jared Leto deram vida a história da família Gucci. Com foco no drama vivido pelo casal Maurizio Gucci e Patrizia Reggiani, o longa se consagra como uma biografia dramática em um roteiro denso.

Em março de 1995 Maurizio Gucci (Adam Driver) morre após levar quatro tiros de um desconhecido. Dois anos após a tragédia, sua esposa Patrizia Reggiani (Lady Gaga) e alguns ajudantes são presos por conta desse crime. O longa conta a série de acontecimentos que se sucedem do primeiro contato do casal, com detalhes sobre a vida de negócios da Gucci, até o planejamento da morte do marido.

Ridley Scott foi o responsável pela direção e enfrentou desafios como, expor o drama familiar, conciliar pontos de vista e apresentar a história de uma marca extremamente importante no mundo da moda até os dias atuais. Com um roteiro repleto de mínimos detalhes, que em algumas partes podem ser cansativos ao telespectador, o filme atende bem a proposta e envolve o público em uma história real com cara de cinema.

Confira 10 filmes que estão programados para estrear em 2021 - Casa Gucci -  Dia 25 de novembro
Reprodução/Internet

A dinâmica entre Gaga e Driver durante a trama, tem uma excelência notória, uma vez que os atores se conectam de tal forma que conseguem exprimir o relacionamento do casal verdadeiro. No entanto, o filme apresenta uma perspectiva parcial, não deixando muitas brechas para o telespectador pensar em outra possibilidade: Patrizia foi uma mulher ambiciosa, que precisou usar de todos os meios possíveis para lidar com o dinheiro, relações pessoais, poder e influência.

Apesar de um protagonismo evidente já citado, a relação do pai Aldo Gucci (Al Pacino) e filho Paolo Gucci (Jared Leto) é admirável e se torna um elemento importante para a narrativa. A construção da história dos dois, além da importância no enredo, tem um enquadro excelente no longa e isso se deve principalmente pela notável atuação e caracterização dos dois atores.

A estética do filme contribuiu coerentemente para o ambiente dos anos 80 e 90. Principalmente pela trilha sonora digna de uma indicação ao Oscar e a fotografia que foi contemplada por cenários com explicito drama, luxo e rigidez. Esse fato foi completamente esperado, uma vez que o filme também aborda detalhes da Gucci e representou bem esse elemento através de algumas cenas de desfile e exposições das peças.

Curiosidade

  • Lady Gaga revela traumas pessoais após interpretar por um ano e meio Patrizia Reggiani.

A entrega da artista Lady Gaga na interpretação de Patrizia é notória. A atriz conseguiu superar as dificuldades de atuar com sotaque italiano e expressar as verdadeiras razões de Reggiani ter planejado o assassinato. No entanto, a cantora disse que essa encenação mexeu com a sua cabeça, “Tive algum abalo psicológico em determinado ponto próximo ao fim das gravações. Eu estava sempre no meu quarto de hotel, vivendo e falando como Reggiani, ou no set, vivendo e falando como ela”. Gaga ainda completa, “Lembro de um dia sair para passear pela Itália, de chapéu. Eu não passeava há mais de dois meses e entrei em pânico. Achei que estava em um set.”

Lady Gaga revela ganhou peso para papel em 'Casa Gucci' comendo mais pães e  massas - Monet | Filmes
Reprodução/Internet

“House of Gucci” é um filme que se estende em alguns detalhes, tornando a narrativa densa e minuciada. Esse drama biográfico revela os detalhes da vida de Patrizia e Maurizio, porém não conta todos os segredos por trás da marca Gucci. É um longa que te rende algumas risadas e ao mesmo tempo te insere em um drama familiar tenso e conturbado. Essa história sedutora e ousada cativa o telespectador e o leva a refletir o verdadeiro motivo de Patrizia ter planejado o assassinato do marido.

Nota

Avaliação: 4.5 de 5.

Isabella Rocha
Isabella Rocha Redatora, produtora de conteúdo, uma garota que ama séries, filmes, livros e música e fala muito sobre histórias. A minha história está lá no Instagram (@bellaisarocha)!