Anitta fala para Billboard sobre novas colaborações e próximo álbum na ‘Latin Music Week’

Para encerrar o terceiro dia da Semana de Música Latina da Billboard, Anitta concedeu uma entrevista a Chelsea Briggs

Anitta para a Billboard
Anitta para a Billboard

Participando do ‘Latin Music Week’, Anitta falou no evento todos os últimos acontecimentos, desde a corrida ininterrupta da cantora ultimamente, a apresentação no Video Music Awards até a participação no Met Gala – e também como ela cresceu como artista e mulher de negócios … e festeira.

Sobre seu crescimento ela diz:

Cada ano para mim está ficando cada vez melhor”, disse Anitta sobre sua trajetória agora, acrescentando que, embora esteja exausta, ela não bebe café. Ela está particularmente orgulhosa de sua passagem pelos Estados Unidos com seu hit “Girl From Rio“, que alcançou a 24ª posição na parada Pop Airplay da Billboard em junho, enquanto o videoclipe tem mais de 34 milhões de visualizações no YouTube esperamos que os próximos se tornem [ainda] maiores ”.

Sobre fazer história:

Anitta se tornou a primeira brasileira a se apresentar no VMAs este ano – um momento histórico para sua cultura, disse ela. “Onde quer que eu vá, as pessoas estão sempre dizendo, ‘Agora é mais fácil porque a música latina está estourando’, e eu fico tipo … ‘Eu sou brasileiro’. Mas por causa da linguagem, tudo é muito diferente para nós. Para eu entrar no mercado latino cantando em espanhol, deu muito trabalho ser respeitado … Adoro fazer isso acontecer“.

Sobre a sua família:

Minha família nem sabe o que é [o gala do Met]”, Anitta revelou quando questionada sobre como sua família reagiu ao sucesso dela. “Venho de uma família muito humilde e simples. Então, quando eu disse à minha mãe que estarei no evento do gala do Met, ela disse ‘Isso é bom‘. “Sua mãe, no entanto, pirou com a entrevista de sua filha com a icônica Gloria Estefan. “No chat em grupo com a família ela ficou tipo, ‘Eu estive com a Glória hoje! Ela sabe quem é Larissa [Anitta]! ‘”

“Todo mundo dizia desde que eu tinha 6 anos de idade que eu [queria fazer isso]. Como temos uma vida simples e não temos oportunidades de fazer coisas, [minha mãe] ela costumava me perguntar ‘Para que seremos ricos?’ E disse, ‘porque eu vou ser famoso‘.

Sobre ser chefe:

Anitta administrou sua própria carreira por uma década antes de contratar uma equipe para ajudá-la a levar sua carreira para o próximo nível. “Dois anos atrás, antes da pandemia, eu disse: ‘Estou farta’”, revelou ela. “Quero relaxar e ter tempo para curtir um pouco a vida … é por isso que hoje estou enlouquecendo. Em cada boate, em cada festa, vou sair e sacudir o traseiro. Eu sei como me divertir de verdade, eu saio e fico bêbada e fodo com todos, porque eu não tinha tempo para isso no passado”.

Sobre se divertir:

Quando questionada sobre a importância de ser franca sobre sua sexualidade, Anitta disse “Sempre fui assim” e lembrou-se de uma época em que seu irmão recebia amigos na piscina de seus vizinhos e então ela queria estar bem para eles – ela tinha 5 anos na época “e eu já estava pensando em rapazes“.

As pessoas às vezes são hipócritas”, acrescentou ela. “O sexo faz parte da vida, é assim que nascemos”.

Sobre usar o sample de “Garota de Ipanema“:

Foi muito difícil”, disse Anitta. “Eu estava entre esse processo de não ser minha própria empresária e ter meu próprio time – no Brasil, meu irmão está cuidando de tudo. Normalmente, as pessoas gravam a canção e não pedem copyright ou qualquer coisa e em seguida, depois que é feito quer ir e pedir, mas eu sempre fui no caminho certo, eu tenho que respeitar os escritores do meu país. Quando escrevemos isso, a gravadora [Warner] e a editora [Warner Chappell] estavam tipo ‘Vamos fazer isso.’ Fiquei um ano esperando e cansei de esperar, então liguei para as duas famílias [dos compositores Antônio Carlos Jobim e Vinícius de Moraes] e fiquei tipo, ‘preciso samplear essa música’, e aí comecei a negociar a liberação eu mesmo. Agora somos amigos das famílias. Porque eu sou brasileiro, talvez seja por isso que foi mais fácil”.

Sobre seu próximo álbum:

Anitta brincou que um novo single pode chegar mais cedo do que os fãs esperam, compartilhando que ela acabou de filmar o videoclipe. Ela revelou que é uma colaboração com uma cantora americana que está atualmente fazendo sucesso e com quem ela nunca trabalhou antes. “É um funk”, disse ela. “É tudo em inglês, mas com um toque latino na melodia”.

Nós vamos ter muito funk [durante o próximo álbum]”, ela continuou. “É o ritmo com que nasci.” Ela disse enquanto o álbum deveria vir no mês passado – “já estava pronto antes a pandemia“- ela disse que houve um momento em que percebeu: “Só quero refazer tudo”. “Depois que me mudei para Miami em janeiro, comecei a ter muitas oportunidades com produtores e faixas melhores, então agora não tenho certeza de quando [o álbum] será lançado – mas antes do final do ano teremos [músicas] em inglês, espanhol e português”.

Leonardo Nascimento
Leonardo Nascimento Redator, estudante de publicidade e propaganda, fortalezense e amante de música pop.