Notícias

J.K. Rowling volta a polemizar ao divulgar loja anti-trans em seu Twitter

Mesmo depois de sofrer críticas por lançar um livro em que seu vilão se veste de mulher para matar suas vítimas.

  Redação    quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Reprodução/Internet

A autora de Harry Potter, J.K. Rowling voltou mais uma vez a polemizar em sua conta oficial no Twitter. Mesmo depois de sofrer críticas por lançar um livro em que seu vilão se veste de mulher para matar suas vítimas.

Mesmo não falando nada sobre o livro, ela, mostrou publicou um tweet divulgando sua nova camiseta adquirida em uma loja conhecida por vender produtos anti-trans.

“Às vezes, uma camiseta fala com você”, escreveu Rowling aos seus seguidores, postando junto um link para a loja on-line Wild Womyn Workshop, cujo slogan é “A loja favorita das Radfem”, fazendo propaganda gratuito para milhões de pessoas.

Mesmo que a camiseta que Rowling divulgou não mostre transfobia, a Wild Womyn Workshop é famosa justamente por vender um monte de camisetas, imãs, bottons, adesivos e outros produtos com mensagens consideradas transfóbicas, como: “Não me chame de ‘cis’”, “Transativismo é misoginia”, “Lésbicas não tem pênis” e “A transideologia apaga as mulheres”, dentre muitas outras.


Redação

Redação

“Escolha um trabalho que você ame e não terás que trabalhar um único dia em sua vida”. – Confúcio. Foi com esse pensamento que os fundadores do Nerd Site escolheram trabalhar com o que já era uma paixão: o mundo do entretenimento nerd e geek.

Comentários