Tecnologia

Trump brinca de ditador e ameaça banir TikTok dos EUA; Microsoft negocia compra do app

O TikTok foi avaliado em US$ 50 bilhões por um grupo de investidores dos Estados Unidos.

  Paulo C. Góis    segunda-feira, 03 de agosto de 2020

Reprodução/Internet

A Microsoft confirmou que está em negociações para comprar o TikTok da ByteDance da China – e espera concluir as negociações até 15 de setembro.

O anúncio vem logo após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, revelar que planeja banir o app do país.

A Microsoft disse que, se consumar um acordo para o TikTok, moveria todos os servidores de dados que cobrem usuários dos EUA para as costas americanas, em uma tentativa de aliviar as preocupações dos formuladores de políticas dos EUA de que autoridades do governo chinês possam rastrear usuários do TikTok ou acessar mensagens privadas .

“Após uma conversa entre o CEO da Microsoft, Satya Nadella, e o presidente Donald J. Trump, a Microsoft está preparada para continuar as discussões para explorar a compra do TikTok nos Estados Unidos”, disse a gigante de tecnologia de Redmond, Washington, em comunicado no domingo (2).

Trump disse a repórteres na sexta-feira (31) que planejava tomar algum tipo de ação para proibir o TikTok por questões de segurança nacional, dada a propriedade chinesa do popular aplicativo. No entanto, especialistas questionaram se tal medida se sustentaria em bases legais.

A Microsoft, em seu comunicado, disse:

“A Microsoft aprecia totalmente a importância de abordar as preocupações do presidente. Ele está comprometido em adquirir o TikTok, sujeito a uma revisão completa da segurança e a fornecer benefícios econômicos adequados aos Estados Unidos, incluindo o Tesouro dos Estados Unidos.”

Os representantes do TikTok e do ByteDance não responderam imediatamente aos pedidos de comentários sobre o anúncio da Microsoft.

O TikTok foi avaliado em US$ 50 bilhões por um grupo de investidores dos Estados Unidos da ByteDance, incluindo Sequoia e General Atlantic, que também tentam adquirir o controle do TikTok, informou a Reuters na semana passada.


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários