Notícias

Ewan McGregor vai dividir todos os royalties de Star Wars com a ex-esposa

McGregor conseguirá manter 30 veículos, enquanto Mavrakis ficará com sua casa em Los Angeles, avaliada em US$ 6,62 milhões.

  Paulo C. Góis    sábado, 15 de agosto de 2020

Reprodução/Internet

Um juiz decidiu que o ator Ewan McGregor deve dividir seus royalties da franquia Star Wars com sua ex-mulher, a designer de produção francesa Eve Mavrakis.

De acordo com o TMZ, os dois terminaram o casamento de 22 anos em 2018, mas o processo de divórcio continuou desde então. O juiz aprovou seu julgamento, determinando que o casal dividirá os royalties e os resíduos de todos os projetos em que McGregor trabalhou durante o tempo em que se casaram, incluindo a trilogia prequel de Star Wars.

Além dos filmes Star Wars, isso inclui o trabalho de McGregor sobre Anjos e Demônios, Os Homens que Encaravam Cabras e Moulin Rouge.

McGregor conseguirá manter 30 veículos, enquanto Mavrakis ficará com sua casa em Los Angeles, avaliada em US$ 6,62 milhões. Ela também mantém suas joias, cinco veículos, algumas contas bancárias e mais US$ 500.000 em dinheiro para equilibrar as coisas.

Ela também receberá pensão alimentícia de quase US$ 15.000 por mês para sua filha Anouk, de 9 anos, de quem o casal divide a custódia física e legal conjunta, além de mais de US$ 35.000 por mês como apoio.

McGregor vai repetir seu papel como o cavaleiro jedi Obi-Wan Kenobi no universo Star Wars em uma nova série de televisão live-action para o Disney+.

Rumores sugerem que o programa começa a ser rodado em março de 2021. Deborah Chow – que trabalhou na primeira série de TV live-action de Star Wars, The Mandalorian – dirigirá a série inteira.


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários