Notícias

Ban de Trump ao TikTok e WeChat pode afetar League of Legends, Valorant, Fortnite e mais!

Gente?

  Paulo C. Góis    sexta-feira, 07 de agosto de 2020

Reprodução/Internet

Em ordens executivas assinadas na noite de quinta-feira (06), Donald Trump ameaçou restrições financeiras para os proprietários corporativos chineses de aplicativos de mídia social WeChat e TikTok, exigindo que eles vendessem os negócios dos aplicativos nos EUA para empresas americanas em 45 dias.

Citando “a emergência nacional em relação à cadeia de suprimentos de tecnologia e serviços de informação e comunicação”, que Trump afirmou em um pedido anterior, os novos pedidos impediriam cidadãos ou empresas dos EUA de realizar transações financeiras com WeChat e TikTok ou suas empresas-mãe, Tencent Holdings e ByteDance.

O pedido entrará em vigor “45 dias após a data desse pedido”, ou seja, 20 de setembro.

Depois que os pedidos foram anunciados, houve uma confusão considerável sobre o quão amplamente eles poderiam ser aplicados, particularmente o pedido direcionado a WeChat e Tencent.

Essa ordem proíbe “qualquer transação relacionada ao WeChat por qualquer pessoa, ou com relação a qualquer propriedade, sujeita à jurisdição dos Estados Unidos, com a Tencent Holdings Ltd… ou qualquer subsidiária dessa entidade, conforme identificado pela Secretaria de Comércio”, que parece se aplicar a qualquer uma das consideráveis ​​participações empresariais da Tencent.

Entre outras coisas, a empresa é proprietária da Riot Games, sediada em Los Angeles, criadora do imensamente popular jogo online “League of Legends” e o mais novo Valorant“. Ela também possui 40% da Epic Games da Carolina do Norte, que produz “Fortnite“, e possui uma participação de 5% na Activision-Blizzard da Califórnia, fabricante de “World of Warcraft” e “Call of Duty“.

Além disso, a divisão de filmes da Tencent, Tencent Pictures, está fortemente investida em várias produções americanas, como “Mulher-Maravilha”, “Venom”, “Bumblebee” e “Warcraft”.

Os representantes da Casa Branca não responderam imediatamente a um pedido de esclarecimento. Mas na noite de quinta-feira, o Los Angeles Times informou que um porta-voz da Casa Branca disse que o pedido se aplica apenas a transações envolvendo o WeChat. Ainda esperamos uma confirmação.

Informações: TheWrap


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários