Música

Facebook desafia o YouTube e vira plataforma para videoclipes de música

Por enquanto, os clipes estão disponíveis apenas para os Estados Unidos.

  Paulo C. Góis    sexta-feira, 31 de julho de 2020

Imagem: Facebook

O Facebook está lançando centenas de milhares de vídeos de música nos EUA a partir deste final de semana – um desafio direto ao YouTube, que tem um bloqueio virtual no espaço de videoclipe da internet há anos.

Segundo o Facebook, a estréia de videoclipes oficiais nos Estados Unidos é mais do que apenas assistir aos vídeos: os executivos dizem que os vídeos serão envolvidos em novas experiências sociais, todas projetadas para incentivar as pessoas a passar mais tempo nos aplicativos do Facebook.

Com o lançamento de videoclipes nos EUA, que o Facebook vem desenvolvendo ativamente desde o outono passado, a empresa atualizou as Páginas de artistas de músicos e cantores com uma nova seção para permitir que os usuários naveguem em seus videoclipes oficiais.

Os usuários poderão acompanhar um artista diretamente dos vídeos de música no Facebook e clicar em um vídeo até a página deles para obter informações como quando vão se apresentar e como comprar suas músicas.

Os videoclipes serão lançados ao vivo para usuários dos EUA a partir de sábado, 1º de agosto, e serão lançados para todos no país nos dias seguintes. Ainda não sabemos quanta tração o Facebook terá com a estratégia, mas é uma grande oportunidade: no YouTube, os vídeos musicais representam cerca de 25% do consumo geral, de acordo com a plataforma do Google.

“Tudo o que fazemos aqui no Facebook em música é sobre a construção de comunidades e a conexão de artistas e fãs”, disse Tamara Hrivnak, vice-presidente de desenvolvimento e parcerias de negócios da música. “Essa é uma abordagem fundamentalmente diferente de outras empresas.”

Isso inclui não apenas o YouTube, disse Hrivnak – que trabalhou anteriormente no YouTube e no Google – mas também, de maneira mais ampla, todos os outros serviços de música.


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários