Notícias

Disney+ retira anúncios do Facebook em boicote contra discurso de ódio

A empresa foi a que mais investiu em publicidade no Facebook no primeiro semestre de 2020.

  Paulo C. Góis    segunda-feira, 20 de julho de 2020

Reprodução/Internet

A Disney, maior gastadora em publicidade com o Facebook no primeiro semestre de 2020, supostamente suspendeu os anúncios do Disney Plus e Hulu com o gigante das redes sociais.

A Disney recentemente “cortou dramaticamente” a publicidade com o Facebook, informou o Wall Street Journal, citando fontes anônimas. A Disney não respondeu imediatamente aos pedidos de comentário.

A decisão da Disney de reduzir a publicidade com o Facebook ocorre em meio à campanha #StopHateForProfit (Pare o ódio para o lucro). Mais de 1.000 empresas disseram que interromperam temporariamente a publicidade com a empresa de mídia social, na tentativa de forçar o Facebook a lidar com mais força contra discursos de ódio e assédio.

Entre as empresas que participam do boicote estão a Unilever, Coca-Cola, Microsoft, Target, Starbucks, Verizon e Acura. A iniciativa é liderada por grupos como a NAACP e a Liga Anti-Difamação.

Um representante do Facebook, perguntado sobre a retirada de anúncios relatada pela Disney, disse que a empresa não comenta sobre anunciantes individuais.


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários