Notícias

Claro contesta lançamento do serviço de streaming Disney+ no Brasil

De acordo com um relatório do jornal O Globo, a Claro fez a denúncia na Anatel, que irá deliberar sobre o caso no mês de agosto.

  Paulo C. Góis    sexta-feira, 31 de julho de 2020

Imagem: Disney+

A chegada do serviço de streaming da Disney ao Brasil está prevista para novembro, mas talvez isso não seja possível.

Isto porque a Claro está contestando o lançamento do Disney+ alegando que a plataforma não possui conteúdo nacional no catálogo, o que cairia na Lei da TV Paga, que obriga canais por assinatura a trazer conteúdo nacional como parte da programação – ou seja, seria uma concorrência desleal com a Claro, que é dona do serviço Now.

De acordo com um relatório do jornal O Globo, a Claro fez a denúncia na Anatel, que irá deliberar sobre o caso no mês de agosto.

É claro que, caso seja decidida a necessidade de conteúdo nacional para o Disney+ estrear no Brasil, ele pode demorar mais uns meses – ou sequer chegar.


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários