Anime & Mangá

Candidato ao congresso dos EUA denuncia animes pornográficos como ‘Dragon Ball Z’

“Eles estão sexualizando personagens de desenho para empurrar uma agenda depravada nas nossas crianças”, disse o político.

  Paulo C. Góis    quinta-feira, 30 de julho de 2020

Reprodução/Internet

Os animes já são parte importante da cultura pop mundial há décadas, com vários nichos diferentes: shonens, shoujos, seinens e por aí vai.

É claro que há um lado explícito dos animes que poucos discutem, mas um candidato que está concorrendo ao Congresso dos Estados Unidos está pensando em denunciar a sexuailização nas animações japonesas.

E, como podemos ver abaixo, ele acredita que Dragon Ball Z é o pior agressor quando se trata de anime pornográfico.

A provação começou quando o candidato da Flórida, KW Miller, foi ao Twitter para criticar a quantidade de anime pornográfico atualmente disponível online.

Foi lá que o membro do Partido Independente denunciou Dragon Ball Z como um dos maiores problemas que ele viu online.

“Agora eles estão introduzindo uma grande quantidade de pornografia de anime na matriz da internet. Dragon Ball Z é um dos principais problemas aqui. Eles estão sexualizando personagens de desenho para empurrar uma agenda depravada nas nossas crianças. O que virá depois? Onde isso vai parar?”, escreveu Miller.

É claro, as respostas ao tweet original são mais engraçadas do que ele em si, mas isso deixamos para vocês explorarem.


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários