Notícias

Antohny Mackie, o Máquina de Combate, comenta falta de diversidade na Marvel

Errado não tá.

  Paulo C. Góis    quinta-feira, 30 de julho de 2020

Imagem: Marvel Studios

A estrela de Falcão e o Soldado Invernal, Anthony Mackie, esclareceu seus comentários sobre a diversidade nos estúdios da Marvel.

Essas palavras iniciais vieram em uma conversa com Daveed Diggs durante a série Actors on Actors da Variety. Durante esse vídeo, o ator que deu vida ao Máquina de Combate queria saber por que não havia mais membros da equipe que não fossem brancos em todos os tipos de posições diferentes.

Ele apontou para a composição do elenco e da equipe de Pantera Negra como uma exceção – e uma exceção problemática, já que só colocaram profissionais negros no “filme negro”, ao invés de haver uma integração de fato.

Várias pessoas na indústria do entretenimento se manifestaram em defesa de Mackie depois que ele disse isso, mas algumas se perguntaram se ele estava fazendo muito com suas leves críticas. Bem, em uma nova entrevista à Fatherly, o portador do escudo do Capitão América disse que sabe que a Marvel pode fazer ainda melhor se eles trabalharem nisso.

“Vou dizer o seguinte: não acho que o que está acontecendo seja um problema de racismo. Eu acho que é um problema de falta de consciência. Com a Marvel, eu realmente acho que com a maioria das empresas, elas sentem que estão fazendo o que deveriam estar fazendo. De nenhuma forma é suficiente.”

“Minha grande coisa é colocar seu dinheiro onde está sua boca. Você não pode escalar um negro como um dos seus principais super-heróis e não esperar que ele tenha essa conversa. Está no meu DNA ter essa conversa”, continuou ele. “É uma grande oportunidade para mim poder fazer parte do universo da Marvel, por isso é meu trabalho garantir que o universo da Marvel seja o melhor possível.”

Errado não tá!


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários