Notícias

ONU determina que carros autônomos tenham ‘caixas pretas’

A norma se aplicaria aos carros com sistemas automatizados de manutenção de trajetória.

  Joshua Carvalho    sexta-feira, 26 de junho de 2020
Bandeira da ONU

Bandeira da ONU

Em acordo, mais de cinquenta países adotaram na ONU um regulamento para veículos com sistemas de piloto automático. Em mais uma tentativa de aprimorar a segurança desses veículos, o regulamento determina que os carros sejam equipados com caixas pretas e que haja um motorista ao volante.

As normas se aplicam aos “sistemas automatizados de manutenção de trajetória” (ou, ALKS, acrônimo de “automated lane keeping systems”); ou seja, são direcionados à sistemas de “nível 3”, como o Autopilot da Tesla e o Cadillac Super Cruise. O regulamento entrará em vigor já em 2021.

Assim como os sistemas atuais exigem, o acordo determina que os sistemas ALKS verifiquem a presença de um condutor atento ao volante e com os cintos de segurança sempre que habilitados. Além disso, os carros devem incluir mecanismos para verificar a presença desse motorista ao longo da viagem e que reajam quando o motorista se mostrar indisponível, incluindo ações minuciosas como virar o rosto ou fechar os olhos por 30 segundos.

Ademais, o ALKS deve ser ativado sob condições específicas: as estradas devem ser equipadas por separação física entre faixas em direções opostas, estejam limitadas a 60 km/h e seja proibida a circulação de pedestres e ciclistas.

Contudo, fugindo dos atuais padrões do mercado, as normas introduziram a exigência de uma caixa preta em cada um dos veículos. O equipamento foi denominado “sistema de armazenamento de dados para direção automática” e deve armazenar momento de ativação e desativação, manobras de emergência, condições do veículo, falhas, envolvimento em colisões e mais informações.

Além dessas medidas, o documento tenta minimizar distrações dos motoristas ao determinar que telas adicionais dos veículos interrompam qualquer atividade para que o motorista volte ao volante se for necessário. Ademais, orientam que veículos no piloto automático recostem na estrada caso o motorista não responda em tempo suficiente.

Fabricantes dos sistemas ALKS devem atender às demandas da ONU nas exigências de segurança cibernética e atualizar seus sistemas de acordo com o novo regulamento.

Informações fornecidas pela UNECE.


Joshua Carvalho

Joshua Carvalho

Redator, escritor e conteudista na área do entretenimento. Inspirado por HQs, faço o que posso para espalhar a cultura pop pelo mundo.

Comentários