Notícias

Dwayne ‘The Rock’ Johnson apoia protestos e ataca Trump: “Vai ter sangue”

Ator questionou a ausência do presidente, que só apareceu para dizer que ia mandar o exército bater em manifestantes.

  Paulo C. Góis    quinta-feira, 04 de junho de 2020

Dwayne Johnson postou um vídeo apaixonado no Twitter, mostrando apoio ao Black Lives Matter e parecendo questionar a falta de liderança do presidente Trump durante protestos em todo o país contra o assassinato de George Floyd.

“Onde você está? Onde está o nosso líder?”, Johnson começa perguntando. “Onde está o nosso líder neste momento em que nosso país está de joelhos, implorando, suplicando, magoado, zangado, frustrado, com dores de braços abertos, apenas querendo ser ouvido?”

O ator pergunta repetidamente: “Onde você está?” ao longo do vídeo, que dura oito minutos e 25 segundos. Floyd morreu em 25 de maio, depois que um policial de Minneapolis, que foi acusado de assassinato em segundo grau, manteve o joelho no pescoço de Floyd por oito minutos e 46 segundos.

“Onde está o nosso líder compassivo que vai se aproximar do nosso país que está de joelhos, e estende a mão e diz: ‘Você se levanta, se levanta comigo porque eu te peguei. Estou ouvindo, estou ouvindo você. E você tem a minha palavra de que farei tudo o que estiver ao meu alcance, até o dia da minha morte, meu último suspiro, para fazer tudo o que puder para criar a mudança necessária, para normalizar a igualdade porque a vida negra é importante. Onde está você?”

Embora Johnson não se refira a Trump pelo nome, é claro que ele está falando sobre o presidente americano. O monólogo é uma das posições políticas mais fortes que ele assumiu abertamente durante sua carreira.

O ator também critica o movimento “All Lives Matter”, dizendo que agora, as vidas negras precisam de apoio.

“É claro que todas as vidas são importantes, mas neste momento, esse momento decisivo, crucial e explosivo em que nosso país está de joelhos… precisamos dizer as palavras: vidas negras são importantes”, diz ele.

Os comentários e tweets de Trump sobre manifestantes e a sugestão de violência contra manifestantes foram amplamente criticados por outras celebridades e políticos.

“Devemos nos tornar os líderes que estamos procurando. Vou perguntar mais uma vez: onde você está? Onde está esse líder compassivo que se intensifica e assume a responsabilidade por seu país e por todas as pessoas em nosso país? Onde você está? Vou te dizer uma coisa, estamos aqui. Estamos todos aqui. O processo de mudança já começou. Você pode sentir isso em todo o país. Mudança está acontecendo. Vai levar tempo. Nós vamos ser espancados. Haverá sangue, mas o processo de mudança já começou.”

 


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários