Filmes

Disney alterou filmes do Studio Ghibli sem permissão

Que blasfêmia.

  Paulo C. Góis    quinta-feira, 04 de junho de 2020

Steve Alpert, líder da divisão internacional do Studio Ghibli de 1996 a 2011, revelou que a Disney fez edições em vários filmes sem permissão, incluindo O Serviço de Entregas da Kiki.

Após décadas de carreira na indústria cinematográfica, os diretores Hayao Miyazaki e Isao Takahata fundaram o estúdio de animação com sede em Tóquio em 1985, financiado pela Tokuma Shoten Publishing Company.

Os filmes de maior sucesso de Miyazaki com o estúdio são O Castelo no Céu, Meu Vizinho Totoro, Princesa Mononoke, A Viagem de Chihiro e Howl’s Moving Castle. Em 2013, o aclamado e decorado diretor anunciou sua aposentadoria da criação de longas-metragens.

Em 1996, a empresa controladora do Studio Ghibli, Tokuma Shoten, firmou uma parceria com o Walt Disney Studios, com a Buena Vista Pictures se tornando a única distribuidora internacional de filmes de animação.

O primeiro filme do catálogo da Disney foi Princesa Mononoke em 1997; 15 filmes se seguiram nas próximas duas décadas. Os filmes anteriores do Studio Ghibli foram alterados e redubados pela Disney antes da redistribuição.

O estúdio também teve uma política estrita de não cortar, devido à edição disruptiva de seu primeiro filme, Nausicaä do Vale do Vento, para distribuição nos Estados Unidos. A partir de 2005, o Studio Ghibli se separou da Tokuma Shoten, mas manteve seu contrato com a Disney.

No seu livro de memórias, Compartilhando uma casa com o homem sem fim: 15 anos no Studio Ghibli, Alpert entra em seu tempo como ex-chefe da divisão internacional do Studio Ghibli (via Cartoon Brew).

Ele revelou a origem exata da política de “sem cortes”, enraizada em um desacordo acalorado com Harvey Weinstein, então chefe da Miramax, por sua insistência em editar Princesa Mononoke para tornar o filme mais “comercializável” para o público americano.

Apesar da resistência enfática de Miyazaki, a Disney alterou seus outros trabalhos sem permissão. Alpert revelou que a versão em inglês de O Serviço de Entregas da Kiki, lançada pela Disney em 1998, adicionava música, efeitos sonoros e diálogos, desconsiderando um contrato assinado com o Studio Ghibli para não fazer alterações substanciais.

 


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários