Filmes

Charlize Theron revela que adoraria retornar para ‘Hancock 2’

Seria tudo!

  Paulo C. Góis    sexta-feira, 26 de junho de 2020

Hancock

No filme The Old Guard, Charlize Theron interpreta uma personagem imortal, mas essa não é a primeira vez que a atriz dá vida a alguém superpoderoso. É claro que estamos falando de Hancock.

“Eu estou fazendo isso agora enquanto falamos sobre isso e tenho divulgado a imprensa”, disse Theron em uma entrevista ao ComicBook.com. “Porque eu nunca realmente percebo que já interpretei imortais antes. Também em Branca de Neve e o Caçador e naqueles dois filmes de estrelinha, interpretei uma mulher que viveu por milhares de anos. Nunca pensei nisso quando fiz isso. Eu estranhamente, pensei que era a primeira vez que fazia isso.

Novamente, essa pode ser a minha idade, mas acho que é uma coisa boa. Acho que você sempre pode fazer uma comparação com alguns traços gerais, mas o fato, a questão é que eu acho que todas as mulheres que eu interpretei foram circunstâncias diferentes, pessoas diferentes, mecanismos de sobrevivência diferentes. Quero dizer, é intimidador como ator. Você fica tipo, ‘Bem, como diabos você tenta entender isso?'”

The Old Guard, baseado nos quadrinhos da Image Comics de mesmo título, tem muito pouco em comum com Hancock. Ainda assim, o filme de 2008 continuou popular com alguns fãs nos anos que se seguiram, e Theron está mais do que disposta a voltar ao mundo do filme com Will Smith.

“Você sabe, por um tempo nós [conversamos sobre uma sequência]”, diz Theron. “Penso mais perto de quando o filme foi lançado, mas não nos últimos anos, não. Seremos super-heróis com nossos caminhantes, você sabe. E eu ainda vou! Ainda vou fazer esse filme, eu faria num piscar de olhos.”

Hancock, um super-herói desajeitado, protege os cidadãos de Los Angeles mas causa danos colaterais a cada ato heroico que realiza. Hancock não se importa com o que as pessoas pensam. Entretanto, após salvar a vida de um executivo, ele conhece a bela esposa dele e descobre que, apesar de tudo, é um homem sensível.

Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários