Notícias

Após aumento de casos, Cinemark vai adiar reabertura dos cinemas nos EUA

Plano coincide com o adiamento da estreia de Mulan e Tenet, que só chegam em agosto.

  Paulo C. Góis    terça-feira, 30 de junho de 2020

Internet/Reprodução

Os planos de reabertura dos cinemas nos Estados Unidos sofreram uma reviravolta.

Após o adiamento da estreia de Tenet e Mulan, que foram movidos para agosto devido ao aumento de casos do novo coronavírus no país, o Cinemark também decidiu manter as portas fechadas por mais tempo.

Antes prevista para o dia 10 de julho, agora a reabertura dos cinemas da rede só ocorrerá em 24 de julho.

“A Cinemark está satisfeita com a resposta do espectador e os principais aprendizados da nossa fase inicial de teste, e esperamos receber os fãs de cinema de volta aos nossos auditórios em todo o país para assistir aos filmes mais recentes deste ano“, disse o CEO da empresa, Mark Zoradi, em um comunicado à imprensa.

Para estimular o público a voltar aos cinemas mesmo em meio a uma grave pandemia, a Cinemark pretende diminuir o preço de seus ingressos e dos alimentos vendidos em seus stands.

 


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários