Séries & TV

‘Loki’ terá primeira heroína trans do MCU

Por enquanto, nenhuma confirmação oficial foi dada pela Marvel ou pela equipe do Disney+. A série deve estrear em 2021. 

  Paulo C. Góis    segunda-feira, 25 de maio de 2020

A próxima série do Disney+, ‘Loki‘ pode ser escolhida para ter o primeiro personagem transgênero do Universo Cinematográfico da Marvel.

De acordo com um novo relatório do The Illuminerdi, a Marvel Studios pretende apresentar Sera como uma personagem coadjuvante importante da série, colocando-a em posição de aparecer potencialmente também nos filmes.

Se o relatório for verdadeiro, isso significaria que a personagem seria a primeira pessoa trans em um papel significativo dentro do MCU. Cabe lembrar que ela não está sendo criada do nada para fins de diversidade – pelo contrário, já existe nas HQs há algum tempo.

Para quem não conhece, Sera foi introduzida há alguns anos em Angela: Asgard’s Assassin #1, de 2015. Nos quadrinhos, Sera é uma Anchorite, uma raça de homens raros e sem asas que nasceram anjos de Heven, que foram mantidos dentro de um templo onde oravam por todos os anjos que morreram sem ter almas. Sera, no entanto, se identifica como mulher. Ela acabou sendo salva de um monstro que atacou o Templo pela irmã de ThorAngela, e o casal se casou.

Por enquanto, nenhuma confirmação oficial foi dada pela Marvel ou pela equipe do Disney+. A série deve estrear em 2021.


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários