Séries & TV

Lindsay Lohan foi contratada para ‘Ramy’, mas simplesmente sumiu das gravações

“Não sei, ela nunca mais falou comigo”, disse Ramy Youssef.

  Paulo C. Góis    quinta-feira, 28 de maio de 2020

Para a segunda temporada de Ramy, Ramy Youssef quase conseguiu o maior golpe de elenco de sua carreira. E não estamos falando de Mahershala Ali.

A nova temporada da série do Hulu, ganhadora do Globo de Ouro (estréia na sexta-feira, 29), apresenta uma surpreendente participação da estrela pornô Mia Khalifa. Mas acontece que Khalifa não era a única atriz que deveria aparecer – ela é apenas a única que apareceu.

“Tínhamos uma ideia de que não era só ela, mas estávamos interessados ​​nessa idéia de pessoas que você realmente não acha que são muçulmanas”, disse Youssef à EW. “Na verdade, escalamos Lindsay Lohan, porque Lindsay tinha toda essa coisa de se converter ao Islã. Então, nós escalamos Lindsay e eu conversei com ela e ela topou, e então, você sabe, como Lindsay, nós meio que paramos de ouvir dela. [Risos] Eu estava tentando falar com ela e ela estava na folha de chamadas, e acho que ela não conseguiu. Não sei, ela nunca mais falou comigo.”

Ele acrescenta:

“Você não pode tentar colocar Lindsay em uma caixa, é o que eu sei. Lindsay será Lindsay.”

Quem sabe, talvez ela estivesse ocupada supervisionando seu clube de praia em Mykonos, Grécia, que foi narrado no reality show da MTV do ano passado, Lindsay Lohan’s Beach Club.

No final, Youssef não sente ressentimentos, e afirma que a porta ainda está aberta para Lohan aparecer na terceira temporada. Afinal, ele diz: “Ela é uma das minhas muçulmanas favoritas.”


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários