Kevin Spacey traça paralelo entre assédio sexual e coronavírus – entenda!

Vale lembrar que, em 2017, Kevin foi acusado de abusar sexualmente do ator Anthony Rapp.

O ator Kevin Spacey voltar a ser destaque na mídia. No entanto, o destaque foi, mais uma vez negativo, já que o ator resolveu traçar um paralelo entre assédio sexual e o novo Coronavírus.

“Eu não gosto de dizer para as pessoas que eu entendo a situação deles pois acredito que isso debilita suas próprias experiências, que são únicas e muito pessoais,” declarou o ator, de acordo com o site Daily Mail. “Mas, nesse instante, sinto que me identifico com a situação pausada que o mundo se encontra. Apesar de nos encontrarmos em situações parecidas, por causa de circunstâncias muito diferentes, ainda acredito que algumas das dificuldades emocionais que enfrentamos são as mesmas.”

Spacey continua:

“Eu tenho empatia por saber como é a sensação de não poder trabalhar ou perder o seu emprego, e isso é uma situação que você não tem controle algum. Não acho que seja uma surpresa para ninguém eu dizer que o meu mundo foi completado mudado em 2017.”

Vale lembrar que, em 2017, Kevin foi acusado de abusar sexualmente do ator Anthony Rapp quando ele tinha apenas 14 anos. Desde então, o ator foi acusado de abuso sexual por mais de 15 homens na indústria cinematográfica, muitos deles menores de idade na época do alegado incidente.

Recentemente, mais uma suposta vítima de Spacey faleceu. Ari Behncometeu suicídio no final de 2019. O autor e ex-esposo da Princesa Martha Louise, da Noruega, acusou o ator de tê-lo tocado de maneira imprópria durante um show.

Vitor Cayres
Vitor Cayres Fundador, formado em Publicidade e Propaganda, paulista e, enquanto não consegue ir para Marte, acredita que um dia teremos respostas sobre as origens dos Aliens.