Livros

J.K. Rowling desmente boatos e revela onde escreveu Harry Potter pela primeira vez

Autora revelou que nunca sequer pisou na Livraria Lello, em Portugal, suposto “berço de Hogwarts”.

  Paulo C. Góis    sexta-feira, 22 de maio de 2020

Não é surpresa pra ninguém que os locais com alguma relação à saga Harry Potter se tornam populares – alguns até cobrando entrada.

Entretanto, também não deveria ser surpresa que muitos deles, que alegadamente foram “o berço de nascimento” onde J.K. Rowling escreveu o livro, mentem para atrair público.

Foi isso que a autora veio a público esclarecer em seu Twitter. Ela aproveitou que uma fã mandou uma foto do Elephant Café em Edimburgo, Escócia, onde a ideia de Harry Potter teria surgido pela primeira vez:

“Tenho pensado em dedicar uma parte do meu site às supostas inspirações e berços de nascimento de Potter. Eu já estava escrevendo Potter há anos quando pisei pela primeira vez nesse café, então não é o berço de nascimento. Mas eu realmente escrevi lá, então vou deixar.”

Outra revelação foi sobre a Livraria Lello, em Portugal, que segundo boatos inspirou as escadarias de Hogwarts. Acontece que J.K. Rowling nunca sequer pisou no local.

“Nunca estive nessa livraria em Porto. Nunca nem soube que existia!”, disse a autora. “Ela é linda e eu gostaria de tê-la visitado, mas não tem nada a ver com Hogwarts!”

A autora revelou que o verdadeiro berço de nascimento da saga, onde ela escreveu pela primeira vez, foi seu pequeno quarto alugado sobre uma loja esportiva na Clapham Junction:

“Esse é o verdadeiro berço de nascimento de Harry Potter, se você definir ‘berço de nascimento’ como o local onde eu coloquei a caneta no papel pela primeira vez. Eu alugava um quarto em um apartamento sobre o que, na época, era uma loja esportiva. Os primeiros tijolos de Hogwarts foram erguidos em um apartamento na Clapham Junction.”

 

 


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários