Warner desiste dos cinemas e ‘Scoob!’ vai direto para vendas digitais

Ainda não se sabe quando o filme chega às lojas digitais brasileiras. 

Não há necessidade de perguntar ao Scooby-Doo, ‘cadê você?’, pois o amado cãozinho de desenho animado será encontrado em breve sob demanda.

É isso mesmo, a Warner Bros. decidiu do lançamento nos cinemas e vai enviar o filme diretamente para plataformas digitais em 15 de maio.

“Enquanto todos estamos ansiosos para poder mostrar nossos filmes novamente nos cinemas, estamos navegando em tempos novos e sem precedentes, que exigem pensamento criativo e adaptabilidade na maneira como distribuímos nosso conteúdo. Sabemos que os fãs estão ansiosos para ver Scoob! e estamos muito satisfeitos por podermos entregar esse filme agradável para as famílias curtirem enquanto estão em casa juntas”, disse Ann Sarnoff, a nova presidente/CEO da Warner Bros.

Scoob! estará disponível para locação por 48 horas pelo custo padrão recém-adotado no mercado de US$ 19,99, mas, em uma reviravolta cara, o filme estará disponível para compra por US$ 24,99 – cinco dólares a mais que Trolls World Tour da Universal, além de novos lançamentos como The Hunt, The Invisible Man e The Way Back, da própria WB.

Suponho que a Warner percebeu que o preço de US$ 19,99 era realmente uma pechincha para famílias com dois ou mais filhos, e não surpreenderia ver outros estúdios seguirem o exemplo.

Tony Cervone dirigiu Scoob!, que possui um conjunto de estrelas de estrelas, incluindo Will Forte (Salsicha), Zac Efron (Fred), Gina Rodriguez (Velma), Amanda Seyfried (Daphne), Kiersey Clemons (Dee Dee), Ken Jeong (Dynomutt), Jason Isaacs (Dick Dastardly) e Mark Wahlberg (Falcão Azul), com Frank Welker dublando o personagem-título.

O filme acaba mantendo sua data de lançamento, já que chegaria aos cinemas em 15 de maio – apenas 12 dias antes da WarnerMedia lançar seu novo serviço de streaming HBO Max, que chega no dia 27.

Ainda não se sabe quando o filme chega às lojas digitais brasileiras.

Paulo C. Góis Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.