Notícias

YouTube impõe limite global na qualidade de vídeos por um mês

Medida pretende manter o site de pé com o aumento no fluxo de dados devido ao coronavírus

  Paulo C. Góis    terça-feira, 24 de março de 2020

A pandemia de coronavírus COVID-19 mudou o tecido social de todo o mundo quase da noite para o dia, e as ramificações dessas mudanças ainda estão surgindo.

Agora que tantas pessoas em todo o mundo estão em quarentena obrigatória dentro de suas casas, houve um grande aumento na quantidade de streaming de vídeo que ocorre todos os dias.

Para atender a essa nova demanda por conteúdo e manter a Internet funcionando a um ritmo constante, os serviços de streaming precisam limitar alguns novos limites estritos. Agora, o YouTube segue a liderança da Netflix, anunciando limites à qualidade dos vídeos por pelo menos um mês.

A Bloomberg News informa que, até hoje, terça-feira, 24 de março (no momento em que escrevemos isso), o YouTube “reduzirá a qualidade dos vídeos em todo o mundo”, em um esforço para “diminuir o tráfego da Internet durante o surto de coronavírus”. Aqui estão algumas das alterações iniciais no serviço que os espectadores podem esperar:

“Nos próximos dias, os espectadores verão os vídeos do YouTube em definição padrão”, afirmou a empresa. “Os usuários ainda poderão assistir em alta definição, se quiserem, mas terão que optar por fazê-lo… Enquanto a visualização no YouTube historicamente aumenta à noite, quando as pessoas estão fora do trabalho, o consumo agora é mais estável ao longo do dia”, disse a empresa.

 


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários