Notícias

O auge! Britney Spears pede redistribuição de renda e é chamada de “comunista”

Cantora pediu amor, união e muita greve geral para combater as desigualdades que ficaram claras com a pandemia de coronavírus

  Paulo C. Góis    quarta-feira, 25 de março de 2020

Nem a Bitney Spears escapou de ser xingada por extremistas de direita na internet.

A popstar, conhecida por hits como ‘Toxic‘, ‘I’m a Slave 4 U‘, ‘Womanizer‘ e ‘…Baby One More Time‘ usou sua conta no Instagram para se pronunciar a respeito da pandemia de coronavírus.

Spears disse que, neste momento de isolamento contra a doença, a humanidade precisa mais do que nunca estar unida através do amor – mas também exigiu uma redistribuição justa das riquezas do mundo e clamou por protestos.

“Nós famos alimentar uns aos outros, redistribuir renda, entrar em greve. Nós vamos entender nossa própria importância dos lugares que devemos ficar. A coletividade vai além de paredes. Nós ainda podemos ficar juntos.”

É claro, a cantora foi furiosamente chamada de “comunista” nos comentários da publicação, o que gerou uma reação hilária na internet.

Confira o post:

View this post on Instagram

Communion goes beyond walls 🌹🌹🌹

A post shared by Britney Spears (@britneyspears) on


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários