Filmes

Bilheteria dos EUA registra lucro de US$ 0 pela primeira vez na história

Arrecadação não gerou nenhum lucro

  Paulo C. Góis    terça-feira, 24 de março de 2020

A bilheteria dos EUA registrou receita zero pela primeira vez na história após o fechamento quase total dos cinema do país em resposta à pandemia de coronavírus.

A agência de dados Comscore não divulgou seu relatório semanal depois que os principais distribuidores de Hollywood, liderados pela Disney, se recusaram a emitir números.

De acordo com o analista de mídia sênior da Comscore, Paul Dergarabedian, a única ocasião comparável ocorreu logo após o terremoto de Northridge em 1994, que dificultou a coleta de dados, mas seus efeitos comerciais foram limitados à Califórnia. Com grandes redes como Regal e AMC fechando na semana passada, a suspensão da renda do cinema é muito mais profunda.

Mesmo assim, alguns filmes estão reportando receita. O líder de bilheteria, de acordo com o Box Office Mojo, é a comédia de crise da meia-idade ‘Phoenix, Oregon‘, que recebeu US$ 3.842 de 17 telas. No entanto, esse é o resultado de uma parceria de streaming com cinemas individuais, na qual o público pode assistir ao filme em casa com uma bilheteria dividida em um local indicado.

O filme twittou uma mensagem debochada parabenizando-se por se tornar o “filme número 1 de menor bilheteria de todos os tempos”.

De acordo com o prazo, no entanto, o último filme da Disney / Pixar, ‘Dois Irmãos‘, está sendo exibido em 135 locações e arrecadou US$ 71.000, enquanto o filme de terror ‘O Homem Invisível‘ recebeu US$ 64.000 de 111 locais. Parece que isso se deve principalmente aos cinemas drive-in, com o Glendale Drive-In em Glendale, Arizona, tornando-se o local de maior ganho de ‘Dois Irmãos‘.


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários