Notícias

Taika Waititi faz história e dedica seu Oscar às crianças indígenas do mundo

Diretor foi o primeiro artista de ascendência Maori a ganhar o prêmio.

  Paulo C. Góis    terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

Taika Waititi (Thor: Ragnarok) ganhou o prêmio de Melhor Roteiro Adaptado no Oscar 2020 por ‘Jojo Rabbit‘.

No palco, o ator, diretor e escritor brincou sobre sua estátua:

“Isso é realmente leve! Deveria ser pesado. “

Ficando sério, Waititi começou a se emocionar agradecendo à mãe, bem como à autora original de “Jojo Rabbit”, Christine Leunens, afirmando:

“Há muitas pessoas que eu quero agradecer, mas não vou porque não consigo me lembrar delas.”

Ele então dedicou sua vitória a “todas as crianças indígenas do mundo que querem fazer arte, dançar e escrever histórias”. Waititi disse, segurando seu troféu:

“Nós somos os contadores de histórias originais e podemos fazê-lo aqui também. Obrigado.”

Waititi, um neozelandês, é o primeiro vencedor do Oscar de descendência Maori.

“Jojo Rabbit” segue um garoto que cresceu na Alemanha nazista durante a Segunda Guerra Mundial. Depois de ser criado sob a bandeira da propaganda nazista, Jojo passa a maior parte do tempo treinando para a guerra e conversando com seu amigo imaginário, Adolf Hitler (interpretado por Waititi). Mas seus valores são desafiados quando ele descobre que sua mãe, Rosie (Scarlett Johansson), escondeu uma garota judia (Thomasin McKenzie) em sua casa.

 


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários