Filmes

Produtora diz que James Bond pode ser de qualquer cor, mas nunca uma mulher

Então tá, né? ‘007: Sem Tempo Para Morrer’ chega em 3 de abril de 2020 aos cinemas.

  Paulo C. Góis    quarta-feira, 15 de janeiro de 2020

Com ‘007: Sem Tempo Para Morrer‘ sendo a última performance de Daniel Craig como James Bond, os olhos estão voltados para quem assumirá o manto do personagem a seguir.

Craig desempenha o papel desde 2006 e atuou em dois dos melhores filmes da série (Casino Royale e Skyfall), mas agora é a hora de outra pessoa tomar seu lugar. No entanto, a produtora Barbara Broccoli deixa claro em uma nova entrevista à Variety que será um ator, não uma atriz:

“Ele pode ser de qualquer cor, mas é um homem”, diz Broccoli. “Acredito que devemos criar novos personagens para as mulheres – personagens femininas fortes. Não estou particularmente interessada em pegar um personagem masculino e fazer com que uma mulher o interprete. Eu acho que as mulheres são muito mais interessantes que isso.”

Para crédito de Broccoli, ela apoiou suas crenças. Ela tentou fazer um spin-off de Bond sobre a personagem de ‘Die Another Day‘, Jinx (Halle Berry), mas a MGM recusou o orçamento de US$ 80 milhões do filme.

Money money money! 

Os atores que se juntam a Craig no 25º filme de Bond incluem Rami Malek, Ralph Fiennes, Ben Whishaw, Naomie Harris, Lashana Lynch, Jeffrey Wright, Lea Seydoux Billy Magnussen.

Cary Fukanaga dirigiu o filme a partir de um roteiro que escreveu com Neal Purvis, Robert Wade, Scott Z. Burns e Phoebe Waller-Bridge.

“Bond deixou o serviço ativo e está desfrutando de uma vida tranquila na Jamaica. Sua paz é curta quando seu velho amigo Felix Leiter, da CIA, aparece pedindo ajuda. A missão de resgatar um cientista sequestrado acaba sendo muito mais traiçoeira do que o esperado, levando Bond à trilha de um vilão misterioso armado com nova tecnologia perigosa.”

O filme chega em 3 de abril de 2020 aos cinemas.


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários