Notícias

Presidente da Disney se recusa a chamar o Baby Yoda de Baby Yoda

Que é isso, Bob Iger?

  Paulo C. Góis    sexta-feira, 20 de dezembro de 2019

O Baby Yoda foi um dos maiores fenômenos da cultura pop esse ano. Ponto. Sem discussão.

O personagem, que é honestamente a coisa mais fofa do mundo (não se ofenda, Baby Groot), ajudou a alavancar a série ‘The Mandalorian‘, carro-chefe do ainda iniciante serviço de streaming Disney+.

Em recente entrevista ao The Hollywood Reporter, o CEO da Disney, Bob Iger, disse que não esperava esse sucesso todo – e se recusou a chamar o personagem de Baby Yoda. Ele o chamou de “o personagem” durante toda a conversa.

“Bem, olhe, a escala da reação está provavelmente além das minhas expectativas por uma grande margem. Apesar disso, no momento em que eu coloquei os olhos sobre o personagem, eu tive um sentimento muito forte de que ele se conectaria com o público. Ele é tão foto, tão interessante, tão atrativo, em tantos aspectos tão familiar e ainda assim tão novo. (…) Nós falamos sobre isso, e queríamos que a revelação do personagem – perceba que não estou me referindo a ele como Baby Yoda – fosse realmente especial. E valeu a pena.”

Qual será a identidade do Baby Yoda?

The Mandalorian está em exibição no serviço de streaming Disney+.

 


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários