Críticas

Crítica | As Golpistas: Elenco surpreende com química em um filme divertido

As Golpistas já está em cartaz nos cinemas brasileiros.

  Pedro Borges    quinta-feira, 05 de dezembro de 2019

Jennifer Lopez brilha em uma de suas melhores apresentações de sua carreira, juntamente com um elenco em sintonia retratando um curioso caso de strippers que roubavam os “Lobos de Wall Street”.

As Golpistas é baseado em fatos reais, onde strippers drogavam seus clientes e roubavam grandes quantias de dinheiro. Esses clientes que foram roubados, preferiam não dar queixa na delegacia pelo simples fato de terem sido roubados por mulheres, coloaborando assim ainda mais com o esquema criminoso.

O filme é narrado por Destiny (Constance Wu), uma stripper novata no ramo que precisa fazer o que faz para se sustentar e ainda sustentar a sua avó. Logo em sua primeira noite de trabalho, ela vê em Ramona (Jennifer Lopez), algo que possa alavancar a sua carreira de forma rápida e prática.

A história é retrada a partir da perspectiva de Destiny, que conta o que realmente aconteceu com sua vida enquanto trabalhava com Ramona em seu ato criminoso, que não se defende de ter cometido os crimes.

Mesmo com orçamento baixo – apenas US$ 20,7 milhões foram investidos – a diretora Lorene Scafaria conseguiu reunir um elenco de peso contando com, além de Lopez e Wu: Cardi B, Lili Reinhart e até mesmo uma participação especial do cantor Usher.

Lopez é o grande destaque do filme, mesmo com seus 50 anos, a atriz está em boa forma física, sendo sexy, elegante e roubando a cena. Ramona serve como uma “musa inspiradora” para Destiny que, mesmo com todos atos criminosos que comete juntamente a Ramona, demonstra coração, sentindo empatia e compaixão pelos seus clientes.

As demais participações do filme, como Cardi B e Lili Reinhart, também são boas e bem executadas, mesmo não sendo um dos destaques, ambas entregam um bom papel quando o filme as requisita.

Lorene Scafaria tem uma mão boa na direção, sabend como filmar as cenas de dança para que elas realmente pareçam sexy, ao mesmo tempo que mostra a humanidade de Destiny em diversos casos. Outro aspecto é a trilha sonora, principalmente nas cenas do strip Club e de dança, as músicas compactuam muito bem com a situação em que tocam.

As Golpistas tem um elenco em sintonia que, apesar de nunca terem trabalhado junto, esbanja química em um filme que retrata um curioso caso de strippers que roubavam seus clientes, tendo sua história contada acerca da visão de sua protagonista.


Pedro Borges

Pedro Borges

Pedro Borges, viciado em filmes, nerd desde criança e escrever sobre esses assuntos é o que eu mais gosto de fazer.

Comentários