Notícias

Bolsonaro permite incêndios e usa ambientalistas de bode expiatório, diz Mark Ruffalo

Até o Hulk se envolveu na polêmica.

  Paulo C. Góis    segunda-feira, 02 de dezembro de 2019

O ator Mark Ruffalo, que dá vida ao Hulk no Universo Cinematográfico da Marvel, saiu em defesa de Leonardo DiCaprio.

Ele compartilhou uma notícia em que o colega de profissão se defende das acusações do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, que afirmou recentemente que DiCaprio financia ONGs cujo propósito é incendiar a Amazônia.

Para Ruffalo, o presidente usa ambientalistas de bode expiatório para as queimadas que ele mesmo deixa acontecerem.

“Bolsonaro e sua turma estão transformando em bode expiatório as pessoas que estão protegendo a Amazônia das queimadas que ele mesmo deixou acontecer. Pergunte a si mesmo: o que mudou recentemente no Brasil para que isso aconteça agora? Bolsonaro e suas políticas (não) ambientais.”

Até o momento, Bolsonaro não apresentou nenhuma prova das suas acusações.

Leonardo DiCaprio respondeu às acusações sem provas do presidente Jair Bolsonaro de que teria patrocinado os incêndios na Floresta Amazônica.

O ator publicou uma nota oficial no último sábado (30) em que toca no assunto, dizendo que, apesar de merecerem apoio, ele não financiou as ONGs citadas pelo presidente do Brasil.

“Nessa era de crise para a Amazônia, eu apoio as pessoas do Brasil que estão trabalhando para salvar sua herança natural e cultura. Eles são um exemplo incrível, comovente e humilde do comprometimento e paixão necessários para salvar o meio ambiente.

O futuro desses ecossistemas insubstituíveis está em risco e eu tenho orgulho de estar ao lado desses grupos, protegendo eles. Embora mereçam apoio, nós não financiamos as organizações citadas.

Eu permaneço com o comprometimento de apoiar as comunidades indígenas, governos locais, cientistas, educadores e o público geral do Brasil que estão trabalhando incansavelmente para assegurar a Amazônia para o futuro de todos os brasileiros.

Leonardo DiCaprio

Ator & Ambientalista”


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários