Notícias

Após troca de farpas, CEO da Disney vai marcar encontro com Martin Scorsese

O dono do império disse que vai chamar o diretor para uma taça de vinho.

  Paulo C. Góis    sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

Martin Scorsese gerou uma grande polêmica ao dizer, no mês de outubro, que os filmes da Marvel Studios não são cinema de verdade.

O aclamado diretor nem fez o comentário exatamente como uma crítica, mas pegou mal – já que os longas de super-herói são o maior fenômeno da cultura pop contemporânea, e a fanbase não deixa passar nada.

O próprio CEO da Disney, Bob Iger, respondeu à declaração dizendo que ela tinha sido “horrível” e que duvidava que Scorsese tivesse assistido algum filme da Marvel para dizer aquilo. Agora, entretanto, ele parece ter se acalmado.

Nomeado o empresário do ano pela revista TIME, Iger disse em entrevista que sua equipe está tentando marcar um encontro com Scorsese para discutirem algumas coisas – tudo na paz.

Apesar disso, ele reiterou que os filmes de super-herói são, sim, arte, recusando as acusações de que são apenas filmes caça-níquel feitos da forma que gera mais lucro possível:

“Se Marty Scorsese quer ficar no ramo artístico de risco, todo apoio a ele. Não significa que o que estamos fazendo não seja arte.”

Então tá, né?

 

 


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários