Filmes

“O que ele disse não poderia ser mais verdadeiro”, diz diretor de ‘Logan’ sobre Scorsese

Entretanto, Mangold fez questão de frisar que a crítica cabe a qualquer tipo de blockbuster feito por dinheiro, não apenas filmes de quadrinhos:

  Paulo C. Góis    segunda-feira, 11 de novembro de 2019

James Mangold tem muitos pontos em comum com Martin Scorsese.

O cineasta gerou polêmica recentemente ao dizer que os filmes de super-herói da Marvel não são cinema de verdade, e teve sua opinião corroborada pelo diretor de ‘Logan‘ – curiosamente, um filme inspirado nas HQs dos X-Men.

Entretanto, Mangold fez questão de frisar que a crítica cabe a qualquer tipo de blockbuster feito por dinheiro, não apenas filmes de quadrinhos:

“Eu acho que pouco interessa se a fonte é uma história em quadrinhos ou não, e sim se o diretor vai ter liberdade criativa. Porque eu tive 100% de liberdade em Logan. Eu sabia exatamente o que queria fazer.

Claramente, ele [Scorsese] não assistiu a muitos desses filmes. E essa é a parte trágica de sua dissertação. Mas o que ele disse não poderia ser mais verdadeiro. Só que não precisa ser verdade apenas para esse gênero específico de filmes. É uma verdade em todos os gêneros.

Eu vejo comédias de merda sendo feitas por dinheiro. Eu vejo filmes românticos de merda feitos por dinheiro. Eu vejo montes de filmes de aventura feitos por dinheiro. Isso não é algo que pertence apenas aos filmes de quadrinhos. Essa é a província do cinema corporativo convencional em todo o mundo, e depende de pessoas como ele – ou eu, na medida em que eu possa fazê-lo – e outras pessoas a se oporem a isso em qualquer gênero.”

Francis Ford Coppola, o aclamado cineasta por trás de ‘O Poderoso Chefão‘, também se juntou ao coro chamando o MCU de simplesmente “desprezível”.

Entretanto, atores da Marvel como Chris Evans, Scarlett Johansson, Chadwick Boseman e muitos outros vieram a público defender o projeto cinematográfico multibilionário encabeçado pela Disney.


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários