Categorias: Anime & Mangá

Japão discute retirada de censura em hentai e filmes pornô – saiba mais!

Os políticos japoneses estão entrando em uma grande discussão sobre a pornografia e o hentai no país.

Acontece que, no Japão, a lei de censura em vigor impede que cenas de sexo sejam exibidas sem censura – mesmo em conteúdo 100% adulto. Os genitais são sempre censurados, seja com uma tarja ou os famosos “mosaicos” pixelados.

Agora, os políticos estão revisando o Código Penal 175, que discorre sobre essa questão.

Entretanto, a PTA (Associação de Pais e Professores) do Japão deve oferecer bastante resistência a qualquer tentativa de mudança, principalmente com o argumento (verdadeiro, diga-se de passagem) de que diversos hentais estimulam a pedofilia – já que contam com as chamadas “lolis”, mulheres com corpo e jeito de criança.

Outro entrave é o fato de que as empresas que distribuem hentai no Japão não são responsáveis apenas por isso, trabalhando também em outras áreas mais “family friendly“. Acatando uma mudança desse tipo, elas poderiam perder bastante dinheiro devido ao conservadorismo do país asiático.

 

Compartilhar
Publicado por
Paulo C. Góis

Publicações Recentes

Zamasu e All Might ganham Funko POP! – veja!

O Funko POP! divulgou as imagens das figuras de Zamasu e All Might - confira!

14 horas atrás

Artista imagina versão live-action de Dragon Ball com The Rock – confira!

Vale lembrar que o anime já ganhou um versão live-action em 2009, chamado Dragon Ball Evolution.

14 horas atrás

My Hero Academia: Heroes Rising tem poster revelado – confira!

My Hero Academia: Heroes Rising estreia no Japão em 20 de dezembro.

14 horas atrás

Crítica | Frozen 2 é maior, mais emocionante e melhor

Frozen 2 estreia nos cinemas brasileiros no dia 2 de janeiro de 2020.

20 horas atrás

Stephen Graham, de ‘O Irlandês’, se une ao elenco de ‘Venom 2’

O filme estreia em outubro de 2020 nos cinemas.

1 dia atrás

Oscar Isaac queria romance gay entre Poe e Finn em ‘Star Wars’

O Episódio IX de Star Wars chega aos cinemas em 19 de dezembro.

1 dia atrás

Esse site usa cookies.