Filmes

Sony pode vender projetos como o filme do He-Man para serviços de streaming

A empresa quer minimizar os riscos de possíveis fracassos como ‘MIB: Internacional’.

  Paulo C. Góis    quinta-feira, 10 de outubro de 2019

A Sony Pictures está cogitando vender diversos projetos para serviços de streaming.

O objetivo é simples: minimizar os riscos de possíveis fracassos no cinema e aumentar a margem de lucro. Uma fonte de confiança do Collider dentro da empresa informou que o executivo da Sony, Sanford Panitch, já teve diversos encontros com Tendo Nagenda, da Netflix, sobre a venda de projetos arriscados.

Um dos títulos nessa lista é ‘Mestres do Universo‘, a adaptação da história do He-Man que terá o protagonismo de Noah Centineo.

Essa é uma atitude sensata, já que a empresa está traumatizada com fracassos como o de ‘MIB: Internacional‘, estrelado por Chris Hemsworth e Tessa Thompson. Com um orçamento em torno de US$ 100 milhões (sem contar os gastos com marketing), o filme teve uma bilheteria de apenas US$ 253 milhões mundialmente.


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários