Listas

Harry Potter | As 10 frases mais icônicas de Draco Malfoy

O pai dele vai ficar sabendo dessa lista!

  Paulo C. Góis    sexta-feira, 04 de outubro de 2019

Seja qual for a opinião que você tenha de Draco Malfoy – a gente espera que, no mínimo, “um b*sta” -, podemos concordar que ele é um personagem fascinante e complexo com um arco incrivelmente realista: de playboy preconceituoso a adulto perturbado em face das responsabilidades que sua conduta e vida familiar lhe impõem. O sonserino não era fácil de lidar.

E uma coisa que não podemos negar é que ele sempre tinha uma frase na ponta da língua para debochar de qualquer um. Por isso listamos as 10 frases mais icônicas de um dos personagens que mais amamos odiar na franquia Harry Potter.

10. “Meu pai vai ficar sabendo disso! 

Eu duvido que você ouça essa frase em qualquer lugar e não a associe diretamente a Draco Malfoy. Ela define em tantos níveis a personalidade da nossa fuinha preferida e sua disposição sempre presente de chamar o pai para vencer suas próprias batalhas por ele – seja através do dinheiro ou da força. Ela fica com nosso décimo lugar.

9. “Longbottom, se miolos fossem ouro, você seria mais pobre do que Weasley, e isso já é muita coisa.”

Reizinho das respostas rápidas faz assim.

8. “Assustado, Potter?” 

“Não mesmo.”

Um dos momentos mais icônicos de toda a saga Harry Potter, quando os dois pimpolhos se enfrentaram pela primeira vez no clube de duelos em Harry Potter e a Câmara Secreta. Draco é cheio de deboche, mas não entende que na escala de coisas que Harry passou – enfrentar o Lorde das Trevas aos 11 anos sendo só uma delas -, sua presença não assusta nem um pouquinho.

7. “Treinando para o balé, Potter?”

Em Câmara Secreta, Harry está treinando incansavelmente em sua vassoura para o jogo de Quadribol. É claro que Draco não perde a oportunidade de dar uma alfinetada. O mais fofo na relação dos dois, entretanto, é que um nunca deixa de retrucar o outro – o que nos leva a vários embates de argumentação icônicos.

6. “Imagine ficar na Lufa-Lufa, acho que eu saía da escola, você não?”

Deixa nossos lufanos em paz! Apesar da Lufa-Lufa ser uma das casas mais amáveis e incríveis de Hogwarts, Draco certamente não seria capaz de perceber isso – já que é a antítese de qualquer qualidade presente no ninho de Helga. Ele não saberia ser gentil nem se o mundo dependesse disso.

5. “Weasley, você não andou pensando em usar isso, andou? Quero dizer, isso esteve em moda aí por 1890…”

Draco diz isso quando vê as roupas de gala fora de moda de Ron no Baile de Inverno. Ele se daria bem sendo o sexto integrante de Queer Eye, talvez, mas nesse caso era só elitismo puro de um menino mimado que queria atingir os outros de qualquer forma. Infelizmente, ele sempre conseguia ser engraçado – e Ron era a vítima perfeita.

4. “Ninguém pediu sua opinião, sujeitinha de sangue-ruim.”

Essa é a fala que mais deixa explícito o paralelo que J.K. Rowling tenta fazer entre a pureza de sangue e o racismo em Harry Potter. É uma das frases mais horríveis de toda a saga – e que caracterizam bastante o personagem. Imagine nascer em uma família que glorifica o próprio Hitler do mundo bruxo? Só pode sair uma criança sequelada dessas. Foi nesse momento que Draco deixou de ser um valentão comum e se tornou um total mal caráter de primeira linha.

3. “Essa aula é que é ridícula.”

Eu amo essa cena. Quando o professor Lupin tenta ensinar o feitiço “riddikulus” na aula de Defesa Contra as Artes das Trevas, Draco não consegue manter a boca fechada. É claro. Remus está sendo o primeiro professor competente que aquela classe teve em muito tempo, mas ele só tem tempo para o deboche – ainda mais em uma aula compartilhada entre Sonserina e Grifinória. Riddikulus, Draco!

2. “Lendo? Eu não sabia que você conseguia ler…”

Essa frase é maravilhosa, ainda mais considerando que foi improvisada pelo ator que interpreta Draco, Tom Felton. E o deboche nem foi direcionado ao trio de ouro dessa vez! Pelo menos não conscientemente, já que na ocasião Harry está disfarçado como Gregory Goyle com a Poção Polissuco. E usando óculos. Harry, o mestre dos disfarces!

1. “Cabelos ruivos, vestes de segunda mão… Você deve ser um Weasley.”

A frase mais clássica! E uma das primeiras a nos mostrar logo de cara que Draco Malfoy não era flor que se cheire. Na verdade, não era flor nenhuma. Entretanto, pelo menos em Harry Potter e a Criança Amaldiçoada, parece que o Draco da vida adulta se tornou um bom pai – e até um ser humano decente. O que o tempo não faz, não é mesmo?


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários