Tecnologia

Seria o fim da linha Galaxy Note? Patente da Samsung mostra celular com ‘tela extensível’

Vale ressaltar que tudo não passa de rumores e de que não há data para lançamento.

  Redação    quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Recentemente surgiu um rumor de que a Samsung estaria pensando em acabar com a linha Galaxy Note. A informação veio do twiteiro da tecnologia, Evan Blass, conhecido por acertar grande parte de suas previsões. Segundo ele, a linha S e o Note já estão muito parecidos.

Agora, o Let’s Go Digital descobriu uma patente registrada pela Samsung em fevereiro no Escritório de Patentes e Marcas dos Estados Unidos (USPTO) mostrando um smartphone com tela extensível. Segundo o site, o produto traz uma abordagem diferente para a tecnologia, que pode aparecer em algum dispositivo durante 2020.

Isso so reforça os rumores de que a linha Note sumiria e se transformaria só na linha ‘O’ ou então ‘Galaxy One’, já que esse ‘novo modelo’ junta a linha S e a linha Note em um só.

De acordo com a patente, o display flexível pode ser enrolado na base do smartphone para diminuir o tamanho do celular. Até mesmo as câmeras traseiras são escondidas no modo compacto do dispositivo.

A novidade pode ser utilizada para ampliar em até 25% a tela do celular e traz uma capa nas laterais para proteger os mecanismos de retração do produto. O dispositivo conceitual também aparece com uma borda superior, sem a utilização de câmeras integradas no display ou entalhes.

Além de ter vazado a patente, o Let’s Go Digital também montou renderizações do possível smartphone extensível da Samsung, mostrando como possivelmente seria o produto no mundo real em seu modo compacto e com tela estendida.

Vale ressaltar que tudo não passa de rumores e de que não há data para lançamento.


Redação

Redação

“Escolha um trabalho que você ame e não terás que trabalhar um único dia em sua vida”. – Confúcio. Foi com esse pensamento que os fundadores do Nerd Site escolheram trabalhar com o que já era uma paixão: o mundo do entretenimento nerd e geek.

Comentários