Notícias

Michael Jackson se divertia manipulando a imprensa, diz ex-segurança

Fiddies também aproveitou para defender Jackson das acusações de pedofilia.

  Paulo C. Góis    segunda-feira, 30 de setembro de 2019

2019 marca uma década desde que perdemos Michael Jackson, mas as controvérsias envolvendo seu nome parecem nunca acabar.

Em recente entrevista para o jornal Metro, o ex-segurança do cantor, Matt Fiddies, revelou que ele planejava atentamente o que faria para chamar – e despistar – a atenção da imprensa, que não o deixava em paz.

“Ele sabia como manipular a mídia. Ele sabia exatamente como conseguir as páginas da frente. Ele costumava ter uma reunião assim que chegava a uma cidade. 90% do tempo funcionava, quando ele colocava uma máscara no rosto, ou fita adesiva nas mãos – ou fita no nariz, essa era a preferida.

Ele dizia que queria que sua vida fosse o maior mistério na Terra. Saiu pela culatra pra ele, e isso é uma coisa triste.”

Fiddies também aproveitou para defender Jackson das acusações de pedofilia.

“Toda essa história de pedofilia não faz o menor sentido. O cara tinha namoradas e um casamento legítimo com Lisa Marie, era assim que ele vivia sua vida. Eles diziam que eram garotos na época, mas não era assim. Ele fez a Neverland para poder fazer a fundação Make A Wish, algo que ele pudesse retribuir.”

 


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários