Curiosidades

Disney se recusou a comprar a Marvel por achá-la ‘ousada’

A Marvel/Disney já faturou mais de US$ 18 bilhões nas bilheterias mundiais.

  Vitor Cayres    quarta-feira, 25 de setembro de 2019

Personagens da Marvel e o Mickey

Que a compra da Marvel pela Disney foi um sucesso, ninguém pode negar. Suas produções, sempre na casa dos bilhões de dólares em bilheteria, ainda geram lucro com produtos licenciados, o que deu a casa do Mickey uma grande oportunidade de monopólio em brinquedos, colecionáveis e até mesmo roupas.

Mas a ideia de adquirir os direitos da Marvel não era muito interessante para a Disney. Segundo o presidente da Disney, Bob Iger, a compra da Marvel chegou a ser cogitada bem antes, mas foi descartada pelo fato de a empresa considerar a marca de quadrinhos “muito ousada” e “provocativa”.

Nas primeiras conversas, a companhia tinha uma visão mais fechada sobre seu crescimento, julgando que apenas produtos com a identidade da Disney (Mickey e seus amigos) deveriam ser explorados. Em seu livro de memórias, The Ride of a Lifetime: Lessons Learned from 15 Years as CEO of the Walt Disney Company, ele conta sobre como o processo se deu na época em que a proposta fora rejeitada.

Confira:

“Essa não havia sido a primeira vez que a Marvel estivera no radar da Disney. No começo do meu período trabalhando com o Michael, eu participei de um almoço do staff, onde a ideia de aquisição deles foi abordada. Um grupo de executivos ao redor da mesa fez objeções. ‘Marvel é muito ousada e provocativa’, eles disseram. Ela ia manchar a marca da Disney. Na época havia uma suposição – internamente e entre membros do conselho – de que a Disney era uma marca singular e monolítica e que todo o nosso negócio só existia debaixo do guarda-chuva da Disney. Eu sentia que o Michael sabia melhor, mas qualquer reação negativa à marca ou sugestão de que ela não estivesse sendo gerida de maneira correta, era vista de maneira pessoal por ele”.’

Bob Iger assumiu o posto de CEO da Disney Company em 2005, posição que até então era ocupada por Michael Eisner. Em 2009, a empresa adquiriu a Marvel Entertainment por US$ 4,24 bilhões. A compra ainda incluiu a aquisição da Marvel Studios, um estúdio independente que era supervisionado por Kevin Feige.

Em 2008, a Marvel lançou seu primeiro filme pela tutela da Disney. ‘Homem de Ferro‘, dirigido por Jon Favreau e estrelado por Robert Downey Jr., faturou US$ 585 milhões ao redor do mundo.  Desde então, com seus 23 filmes pertencentes ao MCU, a Marvel/Disney já faturou mais de US$ 18 bilhões nas bilheterias mundiais.


Vitor Cayres

Vitor Cayres

Fundador, formado em Publicidade e Propaganda, paulista e, enquanto não consegue ir para Marte, acredita que um dia teremos respostas sobre as origens dos Aliens.

Comentários