Quadrinhos

Capitão América tem um novo inimigo nas HQs: o machismo e a masculinidade tóxica

Steve Rogers contra os incels!

  Paulo C. Góis    quinta-feira, 26 de setembro de 2019

Pois é, parte da comunidade nerd vai ter que se olhar no espelho nas novas edições de Capitão América.

Em Capitão América #14, os vilões enfrentados por Steve Rogers, os Watchdogs, são uma personificação da misoginia e da masculinidade tóxica.

Os Watchdogs são um grupo terrorista que trafica imigrantes, descritos pelo Comandante Rogers – a alcunha assumida pelo Capitão nos novos quadrinhos – como “homens-bebê que nunca fizeram nada, perdedores que sonhavam em atirar em escolas”.

Para o Capitão América, aqueles homens – muitos deles que estiveram nas trincheiras ao seu lado durante a guerra – não estavam preocupados com justiça, mas com achar alguém para espancar, porque acham que “é isso que um homem deve fazer”: compensar a rejeição das mulheres com violência.

Conhecem alguém assim?

 

 


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários