Internet

YouTube vai apagar milhares de vídeos e canais com discursos de ódio e apoio a supremacia branca

Twitter e Facebook estão no mesmo caminho.

  Vitor Cayres    quinta-feira, 06 de junho de 2019

O YouTube anunciou que vai deletar vários vídeos e canais com discursos de ódio, além de conteúdos de supremacistas brancos e revisionismos históricos, como a afirmação de que o Holocausto não aconteceu.

A informação foi dada pelo Washington Post, afirmando que a decisão do Google veio após uma onda de críticas que apontavam que a plataforma não tomava medidas realmente efetivas para conter a disseminação desse tipo de conteúdo.

Vale lembrar que o site já vinha parando de listar conteúdos conspiratórios e revisionistas na aba de vídeos recomendados, mas não removia nada que era postado.

É claro que o YouTube sofreu críticas alegando que a medida como essa seria uma limitação da liberdade de expressão. Por outro lado o site se posiciona no direito de mudar suas políticas internas de conteúdo como bem entender, sem aviso prévio.

O YouTube não está sozinho nessa luta. Recentemente o Twitter anunciou que algo similar deverá ser feito e até comprou uma empresa de inteligência artificial para combater fake news; já o Facebook também baniu posts relacionados a apoiadores da supremacia branca.


Vitor Cayres

Vitor Cayres

Criador, 25 anos, formado em Publicidade e Propaganda, paulista e, enquanto não consegue ir para Marte, acredita que um dia teremos respostas sobre as origens dos Aliens.