Filmes

Rocketman | “Eu não tive uma vida PG-13”, diz Elton John sobre classificação do filme

Rocketman estreia em 30 de maio de 2019 nos cinemas.

  Paulo C. Góis    quarta-feira, 29 de maio de 2019

Após o sucesso de Bohemian Rhapsody, que foi indicado ao Oscar e quase alcançou um bilhão de dólares em arrecadação com um filme que escondia e maquiava todas as polêmicas de Freddie Mercury, agora queriam fazer o mesmo com o cantor Elton John.

Embora o cantor tenha dado à Paramount Pictures toda liberdade possível para contar a sua história do jeito que foi – com vício em drogas, sexo e loucura, é claro -, os executivos da empresa queriam cortar até mesmo uma cena de sexo gay de Rocketman com medo de perder público.

Em entrevista, Elton John ao The Guardian se pronunciou terminantemente contra isso e disse que precisou lutar muito ao lado do diretor para que a censura não ocorresse:

“Alguns estúdios queriam diminuir o sexo e as drogas para que o filme recebesse uma classificação PG-13. Mas eu não levei uma vida com classificação PG-13.

Todo mundo sabe que eu tive uma grande quantidade de sexo e drogas durante os anos 70 e 80, então não parecia haver muito sentido em fazer um filme contando que depois de cada show eu voltava calmamente para o meu quarto de hotel com apenas um copo de leite quente e a Bíblia como companhia.”

O filme é estrelado por Taron Egerton no papel de Elton John e conta ainda com Jamie Bell, Richard Madden, Bryce Dallas Howard e Gemma Jones.

Rocketman estreia em 30 de maio de 2019 nos cinemas. O lançamento se dará simultaneamente à última turnê mundial de Elton John, “Goodbye Yellow Brick Tour“.


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários