, ,

James Gunn abre o jogo sobre demissão e recontratação de ‘Guardiões da Galáxia Vol. 3’

James Gunn finalmente quebrou o silêncio sobre toda sua situação com a Disney.

O cineasta havia sido demitido pelo Walt Disney Studios da direção de Guardiões da Galáxia Vol. 3 após a revelação de tweets bastante ofensivos de Gunn, que faziam alusão a pedofilia, abuso contra crianças e outros temas sensíveis.

Agora, após um tempo notável de silêncio e todo mundo achando que a situação já estava resolvida, essa decisão foi revista pela empresa e o cineasta voltará ao projeto dos Guardiões após a produção de Esquadrão Suicida 2, atual trabalho de Gunn.

E ele abriu o jogo sobre tudo que aconteceu em entrevista ao Deadline em relação à sua recontratação:

Eu estava escrevendo Esquadrão Suicida e pensava em Guardiões 3 como sendo algo muito distante. Eu acho que foi uma possibilidade por um tempo, mas as conversas iniciais com Alan não foram: “Vamos descobrir se eu deveria voltar.” Foi: “Vamos falar sobre isso.” Foi como o rompimento do meu casamento. Eu me divorciei e, em seguida, tive essas conversas com minha ex-esposa: “Vamos nos dar tão bem quanto pudermos e sermos gentis um com o outro, porque somos uma grande parte da vida um do outro.”

Mas eu odiaria olhar para trás nos seis anos que minha esposa e eu estávamos juntos e pensar, “Oh, que perda de tempo”. Em vez disso, acho que foi uma época em que eu realmente cresci muito e éramos muito bons um para o outro. Houve alguns problemas, e nós simplesmente não deveríamos nos casar, mas valeu a pena viver seis anos com minha ex.

Eu queria me sentir assim sobre a Disney. Eu não queria olhar para trás e me sentir amargurado, chateado ou com raiva. É claro que todo tipo de emoção está ligado a isso. Mas eu só queria estar me despedindo e me separando, e é aí que minha cabeça estava, mesmo na primeira reunião que tivemos, uma semana ou duas semanas depois que tudo aconteceu.

Gunn admitiu que ficou muito decepcionado consigo mesmo:

A verdade é que eu tinha muita raiva de mim mesmo e realmente tive que tentar deixar isso de lado. Porque da mesma forma que sei o que fiz de errado, sei que fiz muitas coisas erradas na minha vida, coisas que levaram a esse momento. Eu tive que perceber o que eu precisava fazer de diferente na minha vida. Isso foi uma parte de tudo isso.

Mas da mesma forma que eu precisava não estar atacando quem quer que me demitisse, ou quem espalhava links online, ou editava fotos para parecer com isso ou aquilo, eu também tinha que deixar um pouco daquela raiva para mim também. Caso contrário, eu não conseguiria seguir em frente.

Por enquanto, James Gunn está dirigindo o reboot de O Esquadrão Suicida para a Warner Bros.

 

Carregando...

Vazamento confirma skin de John Wick em ‘Fortnite’ – confira!

Firework chega ao Brasil e pretende alcançar 5 mi de usuários; vem conhecer a mais nova TV móvel pessoal